Tecnologia coleta dados e auxilia investigação de anomalias craniofaciais

374049_925694_verapremio2_web_Banco de dados foi vencedor na categoria Inovação em Genética do Prêmio Abril & Dasa de Inovação Médica 2019
No mundo, a cada dois minutos e meio, nasce um bebê com fenda labial e/ou palatina, uma das alterações mais comuns no conjunto de anomalias craniofaciais e costuma ser decorrente de fatores genéticos ou ambientais. Essa e outras condições genéticas impactam a estrutura óssea de crânio e face e demandam tratamento prolongado e acompanhamento de diferentes profissionais de saúde, entre eles cirurgiões, pediatras, fonoaudiólogos e fisioterapeutas.

Diante dessa necessidade, foi desenvolvido a CranFlow, uma aplicação online para coleta e armazenamento de dados sociodemográficos, genéticos e clínicos de pacientes.

– A CranFlow é resultado de anos de pesquisa que delineou uma estratégia de coleta de dados com aplicação direta em pesquisa e na elaboração de políticas públicas de saúde. Este prêmio tem um significado importante, pois mostra à sociedade não só o produto do nosso grupo de pesquisa, mas também a dimensão das necessidades de saúde dos indivíduos com defeitos craniofaciais – afirmou a diretora científica da Sociedade Brasileira de Genética Médica e Genômica (SBGM) e uma das autoras, Vera Lucia Gil da Silva Lopes.

O trabalho CranFlow – Uma aplicação online para seguimento clínico e subsídios para políticas públicas em anomalias craniofaciais foi o vencedor na categoria Inovação em Genética do Prêmio Abril & Dasa de Inovação Médica 2019. A entrega do prêmio aconteceu em novembro, em São Paulo. As autoras do trabalho foram Vera Lúcia Gil da Silva Lopes e Roberta Mazzariol Volpe Aquino, do Departamento de Genética Médica e Medicina Genômica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp e, Isabella Lopes Monlleó da Universidade Federal de Alagoas.

A ferramenta está implantada em nove municípios distribuídos pelas regiões Nordeste, Sudeste e Sul do Brasil. Os dados ali acumulados permitem o acesso a investigações em genética, promovem a troca de conhecimentos entre os profissionais de saúde, facilitam a tomada de decisões médicas e norteiam ações educativas para as famílias envolvidas.

O software Cranflow poder ser licenciado por intermédio da Agência de Inovação Inova Unicamp. O contato para licenciamento pode ser feito com a equipe de Parcerias da Inova Unicamp por meio do e-mail: parcerias@inova.unicamp.br.