374020_925628_asbrav_treinamento_canoas__10__web_Diretor da ASBRAV, Mário Henrique Canale ministrou a palestra que abordou a poluição nos ambientes fechados e ações efetivas para qualificar o ar

Para uma plateia formada por profissionais da saúde, funcionários municipais e agentes da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o diretor da Qualidade do Ar Interno da ASBRAV – Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Aquecimento e Ventilação, engenheiro Mário Henrique Canale, acompanhado do engenheiro e sócio da entidade, Domingos Pertile, realizaram em 11/12/2019, uma palestra sobre “Qualidade do Ar Ambiental – PMOC e Sistemas de Renovação do Ar”, no Auditório Secretaria da Cultura de Canoas.

O encontro foi feito atendendo ao convite da Diretoria de Vigilância em Saúde da Prefeitura Municipal de Canoas para explicar e elucidar as principais dúvidas sobre o tema.

– Passamos 85% de nossas vidas em ambientes internos e fechados, nos quais alguns dos poluentes mais nocivos estão concentrados em locais em que a circulação do ar é limitada. No ano de 2016, doenças associadas a poluição do ar – que são potencializadas pela falta de cuidado com a manutenção da qualidade do ar interior – estima-se que tenham provocado a morte de aproximadamente 6,5 milhões de indivíduos em todo o mundo. Estes são argumentos embasados na realidade atual e suficientes para que passemos a compreender a Qualidade do Ar Interno como uma questão de saúde pública – salientou o diretor da ASBRAV.

Além de terem sido abordadas as razões para se ter cuidados efetivos com o ar em ambientes internos, o treinamento também abordou, com o engenheiro Domingos Pertile, a forma correta da realização da manutenção dos aparelhos de ar-condicionado existentes no mercado.

Para trazermos a uma situação comum a todos, um grande exemplo de instalação equivocada é o ar-condicionado tipo mini-split instalado sem nenhum sistema de renovação de ar, que são compostos por ventiladores dotados de filtros – apontou o engenheiro.

Por fim, o engenheiro Mário Henrique Canale explicou os principais pontos do PMOC – Plano de Manutenção, Operação e Controle e detalhou os principais avanços que teremos com a aprovação do projeto de lei que está tramitando na Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre e que irá complementar, no âmbito municipal, a Lei Federal 13.589.

Todos os presentes receberam um guia impresso com tudo que foi tratado durante o treinamento para que aprofundem seus conhecimentos