PRÊMIO NACIONAL DO TURISMO

Métodos de pesquisa e sistema de dados inteligente estão entre as iniciativas premiadas no Prêmio Nacional do Turismo

Por Vanessa Castro

15_01_20_tecnologiaturismo.jpg

A iniciativa Smart Survey foi a grande vencedora da categoria Tecnologia no Turismo. Crédito: Roberto Castro/MTur.

A 2ª edição do Prêmio Nacional do Turismo, realizada em dezembro de 2019, em Belo Horizonte (MG), condecorou três iniciativas na categoria “Tecnologia no Turismo”. O tema premia projetos que tenham implementado alguma ferramenta tecnológica em pontos ou equipamentos turísticos de forma inovadora ou que possibilitaram uma maximização das oportunidades com relação ao uso da tecnologia para avançar no progresso do turismo ou melhorar a experiência turística dos visitantes.

A grande vencedora – “Smart Survey – Pesquisa de Demanda Turística com uso de IOT” (Internet Of Things ou “Internet das Coisas”) – é uma iniciativa voltada para pesquisas de demanda sobre o turismo na nação brasileira e criação de rotas turísticas inteligentes. A CEO da empresa responsável, a Smart Tour Brasil, Jucelha Carvalho, explica que, com o uso da IOT, há uma transformação dos atrativos em agentes coletores de informações, o que diminui o custo e fornece fechamentos em tempo real para os órgãos gerenciais de turismo.

“Esse repasse de informações gera dados inéditos no segmento turístico do estado. Eles são enviados aos observatórios e às secretarias de Turismo e ajudam na elaboração de políticas públicas mais eficientes, pois dá um poder de decisão bem mais rápida à gestão pública”, comenta Carvalho.

A segunda colocada criou um sistema com objetivo de monitorar a movimentação de passageiros durante a viagem. A “Forma Smart Pass” identifica a circulação nos hotéis e passeios e pulseiras tecnológicas informam dados médicos e cadastrais de cada viajante, bem como facilitam a gestão de dados. A partir dessa capacidade de armazenamento é possível inserir os ingressos de shows e festas adquiridos antes da viagem e agilizar a entrada no local do evento, evitando filas e melhorando a experiência do usuário.

Já a “ORBS Tecnologia e Desenvolvimento” ficou na terceira posição com uma iniciativa que faz a interligação entre o turista, em qualquer lugar do mundo, com o guia e fornecedor de passeios turísticos através de uma vitrine comercial, de forma facilitada.

O PRÊMIO – Em sua segunda edição, o Prêmio Nacional do Turismo é promovido pelo Ministério do Turismo em parceria com o Conselho Nacional de Turismo (CNT). A seleção busca dar visibilidade e ampliar o reconhecimento de ações e profissionais inovadores, que tenham contribuído significativamente para a ampliação do segmento. Além da aclamar projetos, o Prêmio procura disseminar e estimular a replicação de boas iniciativas, como forma de induzir a melhoria das condições da área.​

Edição: Rafael Brais

Leia mais: http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/13284-inova%C3%A7%C3%A3o-e-tecnologia-no-turismo-projetos-s%C3%A3o-reconhecidos-pelo-mtur.html