ISENÇÃO DE VISTOS

Cidadãos dos dois países com passaporte válido poderão entrar, sair e transitar pelos territórios por até 90 dias sem o documento

Por André Martins

15_01_19_isencao_vistos_02.jpg

Isenção de vistos é mais uma importante ação para o turismo da nação brasileira. Crédito: Roberto Castro/MTur

A atração de visitantes estrangeiros ao país ganhou novo impulso. Um acordo entre Brasil e Catar publicado no Diário Oficial da União estabelece a dispensa de visto para o ingresso de cidadãos dos dois países nos respectivos territórios para fins de turismo, trânsito ou negócios. O texto prevê que portadores de passaporte comum, válido por no mínimo seis meses, poderão permanecer até 90 dias em 12 meses, após a data da primeira entrada.

Conforme o acordo, firmado durante missão oficial do presidente Jair Bolsonaro àquele país no ano passado, a medida começará a vigorar em um prazo de 60 dias e vai se aplicar independentemente do transporte usado ao cruzar fronteiras legais. O documento, que busca intensificar relações bilaterais e fortalecer a cooperação mútua, define que o benefício pode ser suspenso por motivo de segurança pública ou mediante a reintrodução de requisitos adicionais.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, lembra que, desde 17 de junho de 2019, americanos, australianos, canadenses e japoneses já usufruem da isenção de visto e comemora avanços na facilitação da chegada de viajantes. “Dados mostram o crescente interesse de estrangeiros pela nação brasileira. Este acordo é mais uma mostra da prioridade ao turismo no governo, que enxerga a atividade como um grande indutor da geração de emprego, renda e divisas”, aponta.

Levantamento realizado pelo grupo Amadeus, uma das maiores empresas de tecnologia e viagens do mundo, revela forte alta na quantidade de reservas confirmadas na nação brasileira de janeiro a setembro deste ano por turistas da Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão, em relação ao mesmo período de 2019. O maior crescimento se verifica quanto a junho: 158%. A segunda melhor média para 2020 se refere ao mês de julho, com um índice de 148%.

SOBRE O CATAR – Sede da Copa do Mundo Fifa de futebol de 2022, trata-se de uma das nações mais ricas do mundo, detentora de uma das menores cargas tributárias do planeta. O país, um dos maiores produtores globais de petróleo e gás natural, se localiza na Ásia Ocidental, na Península Arábica, com uma extensão que segue até o Norte do Golfo Pérsico.

Edição: Rafael Brais

Leia mais: http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/13287-isen%C3%A7%C3%A3o-de-vistos-facilita-turismo-entre-brasil-e-catar.html