por publicado: 10/01/2020 16h20 última modificação: 10/01/2020 19h51

O Ministério da Cidadania é o terceiro órgão a aderir ao Programa de Gestão Estratégica e Transformação do Estado (TransformaGov). A assinatura do acordo de modernização da gestão foi assinada, nesta sexta-feira (10/1), com o Ministério da Economia (ME). O programa tem o objetivo de transformar as instituições do Estado, possibilitando o aprimoramento da execução de políticas públicas.

“A assinatura deste acordo vai permitir que o governo avance em diversas frentes de gestão, como na reestruturação organizacional do Ministério da Cidadania e na entrada da Lei de Incentivo ao Esporte na Plataforma + Brasil ”, explica o secretário de Gestão, Cristiano Heckert.

De acordo com o plano de trabalho, o Cidadania se comprometeu a disponibilizar todos os seus serviços ao cidadão no Portal Gov.br ainda neste primeiros três meses. Outra medida importante será a centralização dos serviços de concessão de aposentadorias e pensões no ME. “Esses são alguns exemplos de ações que vão ser colocadas em ação em curto prazo a partir da assinatura deste acordo”, disse Heckert.

Assinatura plano de transformação do Estado Ana Pellini, da Cidadania,e Cristiano Heckert, da Economia, na assinatura do TransformaGov. Foto: Albino Oliveira/ME

TransformaGov

O TransformaGov propõe medidas de eficiência a partir de cinco dimensões: governança e gestão estratégica; serviços à sociedade; gestão de indivídual; processos internos e estruturas organizacionais. Nessa última área, por exemplo, o acordo prevê a reavaliação das estruturas organizacionais e o arranjo institucional do ministério, tudo isso alinhado ao planejamento estratégico do órgão.

Para a secretária executiva do Cidadania, Ana Maria Pellini, o acordo beneficiará a sociedade brasileira, garantindo maior eficiência, transparência e economicidade. “O plano de modernização dos ministérios vem nesta direção: de qualificação do serviço público e melhor atendimento ao cidadão”, afirmou.

Além do Ministério da Cidadania, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) e o Ministério das Relações Exteriores (MRE) também já aderiram ao programa, que foi lançado em dezembro de 2019. O ME espera que todos os ministérios assinem o acordo até o fim de fevereiro.

 

Leia mais: http://www.economia.gov.br/noticias/2020/01/ministerio-da-cidadania-adere-ao-programa-de-transformacao-do-estado