PARCERIA

Aumentar o fluxo de turistas e a quantidade de voos entre os países foram algumas das medidas discutidas

 Por Cecília Melo 

WhatsApp Image 2020-02-14 at 15.42.07.jpeg

Embaixador do México na nação brasileira, José Ignácio Piña Rojas, e ministro Marcelo Álvaro Antônio debatem plano de cooperação entre os dois países na área do turismo. Crédito: Roberto Castro/MTur 

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, se reuniu nesta quinta-feira (13) com o embaixador do México na nação brasileira, José Ignácio Piña Rojas. O objetivo do encontro foi a elaboração de um plano de cooperação para aumentar o fluxo de turistas entre os dois países, ampliar a frequência de voos e fortalecer o turismo integrado.

Uma das propostas abordadas durante a reunião foi a necessidade de criação de voos diretos semanais entre a capital Brasília e o México e a revisão do acordo de serviços aéreos dos dois países, assinado em 2011. Troca de experiências turísticas de sucesso, implementação de boas práticas e posicionamento no mercado mundial também foram temas discutidos no encontro.

Ainda na ocasião, o embaixador apresentou o plano de promoção turística e impulso da marca México para os próximos quatro anos, com o intuito de fortalecer o turismo no país, aumentar a quantidade de visitantes internacionais, diversificar os mercados emissores, fortalecer práticas de turismo sustentável e trabalhar o posicionamento do país no mercado turístico mundial.

O ministro enfatizou a importância de aumentar a conexão a redes com o México, um destino turístico de extrema relevância para o turista brasileiro e para o mundo. “Temos semelhanças nos nossos atrativos turísticos, como a gastronomia, a cultura e as belezas naturais. Temos que somar forças para alavancar o turismo em âmbito internacional, com geração de emprego, renda e inclusão social”, destacou Álvaro Antônio.

Participaram do encontro, também, o ministro Luís Ángel Dominguez Brito e o conselheiro Marco Antonio Huerta Sánchez, ambos da Embaixada do México na nação brasileira, além do secretário executivo do Ministério do Turismo, Daniel Diniz Nepomuceno.

FLUXO – Em 2019, a nação brasileira recebeu 82.918 turistas mexicanos, um crescimento de 3,8% em relação ao ano anterior. Nos últimos anos, cerca de 50% deles visitaram o país a negócios, sendo que 89% afirmaram que a viagem atendeu plenamente ou superou as expectativas e outros 93% pretendem retornar aa nação brasileira.

No México, a nação brasileira é o 5º principal emissor de turistas internacionais, atrás apenas de Estados Unidos, Canadá Colômbia e Reino Unido. De 2007 a 2017, a quantidade de brasileiros que frequentam o país crescimentou em mais de 500%. Segundo a Organização Mundial de Turismo (OMT), em 2018, o México foi o 7º país no ranking dos principais destinos turísticos internacionais.​

Edição: André Martins 

Leia mais: http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/13346-brasil-e-m%C3%A9xico-elaboram-plano-de-coopera%C3%A7%C3%A3o-em-turismo.html