Governador participa de celebrações a Nossa Senhora dos Navegantes

O governador Eduardo Leite se juntou a milhares de fiéis nas homenagens a Nossa Senhora dos Navegantes, em Porto Alegre. A celebração, que ocorre desde 1871, é realizada no dia 2 de fevereiro.

A programação, no início da manhã deste domingo (2/2), começou com uma missa no Santuário de Nossa Senhora do Rosário, no centro da capital, celebrada pelo bispo auxiliar de Porto Alegre, dom Darley José Kummer. O prefeito Nelson Marchezan Júnior também participou.

NS Navegantes 3 Governador Leite e prefeito Marchezan acompanharam missa na igreja do Rosário, no centro da capital – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

Os fiéis lotaram a igreja e as ruas próximas. Em frente ao local da celebração, Luis Antônio Marques carregava uma imagem de Nossa Senhora. Ele acompanhou a missa do lado de fora, aguardando ansiosamente pela procissão. O policial aposentado da Brigada Militar conta que participa das celebrações desde a década de 1970, quando era trazido pelos pais. “Ela abençoa o meu lar. Venho todo ano renovar a fé e fazer pedidos de paz, saúde e segurança para toda a minha família”, disse Marques.

Depois, os devotos realizaram a trincremento procissão terrestre, que leva a imagem da santa de volta ao Santuário de Navegantes, de onde ela saiu em 19 de janeiro.

NS Navegantes 1 Procissão com a imagem de Nossa Senhora saiu da igreja do Rosário e seguiu até a igreja dos Navegantes – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

Posicionado bem ao lado do cortejo, esbanjando vitalidade, estava um dos fiéis mais fervorosos: Alberto Fraga da Silva, 79 anos. Ele faz parte do Clube de Regatas Almirante Barroso, umas das instituições responsáveis pela organização da procissão.

“Em 1980, quando comecei, não tinha tanta gente assim. Cada vez mais eu gosto dela. Nossa Senhora dos Navegantes representa mais saúde pra mim e pra minha família”, relatou o aposentado, que completa 40 de procissão em 2020.

No final da manhã, uma missa campal será realizada pelo Arcebispo Metropolitano, dom Jaime Spengler, no Santuário de Nossa Senhora dos Navegantes. O evento também contará com corais de diversas paróquias sob a regência do maestro e seminarista Rodrigo Rubi.

A devoção a Nossa Senhora dos Navegantes provém do tempo das grandes navegações realizadas por portugueses e espanhóis a partir do século 15. Os marinheiros lançavam-se ao mar pedindo a proteção de Nossa Senhora dos Navegantes. Quando os primeiros colonizadores chegaram aa nação brasileira, com eles também desembarcou a devoção pela santa.

Texto: Guilherme Hamm/Secom
Edição: Marcelo Flach/Secom

Leia mais: https://estado.rs.gov.br/governador-participa-de-celebracoes-a-nossa-senhora-dos-navegantes