Cidadão brasileiro tem acesso a mais de 500 serviços públicos sem precisar memorizar múltiplos logins e senhas

por publicado: 18/02/2020 16h26 última modificação: 18/02/2020 19h48

Cerca de um quarto da população brasileira – mais de 50 milhões de usuários – já utiliza o login único do governo federal, ferramenta desenvolvida pela Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia que dispensa a memorização de múltiplos logins e senhas para acessar serviços públicos em todo o país. Mais de 500 serviços nos âmbitos federal, estadual e municipal podem ser acessados.

Os estados de Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além do Distrito Federal, já aderiram ao projeto, propiciando mais facilidade no acesso e na entrega de serviços aos cidadãos.

Pessoas do país inteiro passam a testar os serviços públicos com o login único. É o caso da professora Eloiza Bezerra da Silva, 35 anos, de Fortaleza, que pretende conhecer Lisboa em março e já antecipou o pedido, por via digital, do Certificado de Direito à Assistência Médica (CDAM) do Ministério da Saúde. Com o certificado, brasileiros e estrangeiros residentes na nação brasileira podem ser atendidos na rede pública de saúde de Portugal, de Cabo Verde e da Itália como os cidadãos locais, devido a acordos previdenciários já existentes.

“Às vezes, até por questão de segurança, a gente tinha aquela ideia de manter senha diferente para tudo e daqui a pouco esquecia. Daí, complicava”, reconhece Eloiza, agora adepta dos serviços digitais. “Para retirar o CDAM, achei que teria de ir até um serviço do Ministério da Saúde, mas nada disso! Fui informada que era tudo pelo site e não demorei nem 15 minutos para solicitar. O processo é muito rápido, mesmo que eu tenha precisado fotografar o comprovante de residência, a frente e o verso da carteira de identidade e a página do passaporte onde consta minha foto. É uma economia de tempo e de desgaste físico, dependendo de onde a pessoa mora. E basta eu colocar login e senha únicos para acompanhar o andamento da solicitação.”

Para aderir, não há custo algum para estados e municípios. Basta que integrem seus sistemas à plataforma do login único. A partir daí, todos os dispêndios – manutenção, evolução e suporte ao cidadão –ficam a cargo do governo federal. 

“O login único simplificou muito os serviços. Até então, tínhamos de manter um banco de usuários e senhas, como o do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para exemplificar, e a pessoa tinha de ficar sempre lembrando. Tinha de lembrar a senha para o Sisu, a senha para o Fies e para os outros serviços do MEC”, observa o subsecretário de Tecnologia da Informação do Ministério da Educação, Daniel Rogério.

“Agora, a segurança é maior. O Fies foi o primeiro em que utilizamos a ferramenta e estamos no rumo para melhorar todos os serviços. Tivemos mais de 250 mil usuários que fizeram a inscrição no Fies e já conseguiram pelo login único. O Sisu e o Programa Universidade para Todos (Prouni) deverão ser os próximos a incluirmos”, completa o subsecretário.

Facilitar a dia do cidadão

A iniciativa do login único permite que cidadãos e empresas se cadastrem uma única vez, de forma segura, para ter acesso a centenas de serviços públicos digitais do governo federal e também das unidades federativas e municípios que tiverem aderido.

Desde janeiro do ano passado, 568 novos serviços foram transformados em digitais, em nível federal, e já podem ser acessados pelos usuários de todo o país.  Os de maior impacto entre a população são a Carteira Nacional de Trânsito (CNH digital), a Carteira de Trabalho Digital e o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia.

“O foco é facilitar a vida do cidadão, diminuindo o tempo gasto entre o pedido e a entrega do serviço, e reduzindo também a perda de tempo e de recursos, o que levava às vezes à contratação de despachantes para acelerar as soluções”, ressalta o secretário de Governo Digital, Luis Felipe Monteiro. 

A cada dia, novos serviços são integrados à plataforma do login único, oferecendo ao cidadão mais possibilidades e comodidade. A previsão é de que 70 milhões de indivíduos estarão utilizando a ferramenta até o final deste ano.

Como o gestor participa

Para os gestores estaduais e municipais conectarem seu sistema à plataforma do governo federal, basta entrar em contato pela quantidade (61) 2020-2407 e solicitar reunião com a equipe do Departamento de Serviços Públicos Digitais da Secretaria de Governo Digital, do Ministério da Economia.

Leia mais: http://www.economia.gov.br/noticias/2020/02/login-unico-do-governo-federal-ja-e-utilizado-por-50-milhoes-de-usuarios