Os programas serão implementados nas escolas de Ensino Fundamental neste ano Foto: Pietra Darde - Lajeado - Os programas serão implementados nas escolas de Ensino Fundamental neste ano

O ano letivo de 2020 das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) e dos Projetos Vida teve sua abertura oficial nesta quinta-feira, 13/02, no Teatro da Univates, reunindo autoridades e profissionais da educação. No evento, os profissionais tiveram sua primeira formação do programa Seja, vinculado ao Pacto Lajeado pela Paz, bem como ocorreu o lançamento do projeto Google for Education, cujos programas serão implementados nas escolas de Ensino Fundamental neste ano. 

Mais de 800 profissionais participaram da formação, entre professores e funcionários das redes municipal e estadual de Lajeado. Participaram também o prefeito, Marcelo Caumo, a vice-prefeita, Gláucia Schumacher, a secretária da Educação, Vera Lucia Plein, promotor de justiça, Sérgio da Fonseca Diefenbach, o reitor da Univates, Ney José Lazzari, o presidente da Câmara de Vereadores, Lorival Silveira, secretários e outras autoridades.

“São vocês, professores, os grandes responsáveis pela educação de Lajeado. Estamos neste espaço em busca de ferramentas para repensar o cotidiano das nossas comunidades escolares, pois a educação é a esperança de transformação e de progresso do ser humano. Sejam todos muito bem-vindos à inovação do nosso município por meio do Pacto Lajeado pela Paz e do Google for Education”, disse a secretária da Educação, Vera Plein.

Durante seu pronunciamento, o prefeito Marcelo Caumo falou sobre o impacto que o Pacto Lajeado pela Paz vem provocando na cidade de Lajeado. “A abertura do ano letivo é sempre um momento marcante, mas neste novo ano, temos que confessar que ultrapassa todas as expectativas. O Programa Seja atingirá cerca de 15 mil crianças, e seus familiares, que estarão se envolvendo e ajudando no progresso de Lajeado”, afirmou Caumo.

Após a abertura oficial, o evento seguiu com exercícios de atenção plena que foram conduzidos pelo psicólogo Breno Irigoyen de Freitas.

Em seguida, o consultor Alberto Kopittke apresentou o Pacto Lajeado pela Paz e as evidências de efetividade dos programas socioemocionais.

”Os programas socioemocionais são os mais eficientes e eficazes, têm menor custo e melhor fechamento para prevenir a violência. E é por isso que estamos trazendo esse programa com o objetivo de construir um grande Pacto”, relatou Kopittke.

Logo após, Ovidio Waldemar, psiquiatra e coordenador do Instituo da Família de Porto Alegre, subiu ao palco para discorrer sobre o tema inteligência emocional.

Na sequência, o programa SEJA, assim como os demais que integram a linha de programas da educação socioemocional, foram apresentados pela consultora do Pacto Lajeado pela Paz e do Instituto Cidade Segura, Tâmara Biolo Soares. O programa Seja consiste em aulas, nas quais serão desenvolvidas as habilidades socioemocionais dos alunos.

De acordo com Tâmara, o programa possui quatro pilares teóricos, que são: Educação Socioemocional (busca melhorar a capacidade dos estudantes em integrar cognição, afeto e comportamento), Atenção Plena/Mindfulness (prestação de atenção no momento presente), Justiça Restaurativa (será executado por meio de ferramentas como os Círculos de Construção de Paz e Comunicação Não Violenta que desenvolvem um diálogo mais colaborativo) e Empreendedorismo (por meio de reflexões sobre a forma como uma pessoa pensa e age no momento em que ela se dispõe a alcançar um objetivo e resolver problemas).

De forma vivencial, os quatro pilares, que terão seus conceitos aprofundados com os professores nas próximas formações, foram explicados pelos psicólogos do Instituto Breno de Freitas, Klaus Hensel, Lisiane Rech, pelo empresário Samuel Ongaratto e pela coordenadora da Justiça Restaurativa, Tânia Rodrigues.

O evento prosseguiu com a palestra de Fabio Nakano, representante do Google para a adoção e implantação do Programa Google For Education. Nakano abordou a história do Google, seus programas e os benefícios das ferramentas dessa plataforma quando aplicadas em sala de aula. Conforme Nakano, a tecnologia ajuda a fortalecer todo o ecossistema, pois potencializa a aprendizagem do estudante, simplifica processos administrativos, incentiva a inovação e criação de conteúdo, reforça as capacidades do professor e aumenta o envolvimento dos pais e familiares.

Por último, o prefeito Marcelo Caumo e a secretária Vera Plein realizaram a entrega simbólica de uma estação de carregamento de Chromebooks, sendo que 1020 unidades serão distribuídas nas 18 EMEFs.

A formação do programa, que iniciou nesta quinta-feira, se estenderá até o dia 18/02 para os educadores. Os alunos das EMEFs voltarão às aulas na quarta-feira, 19/02.

Saiba mais sobre o programa SEJA

É um programa de prevenção à violência, baseado em evidências, que iniciará em maio deste ano. Em Lajeado, será aplicado com alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental em escolas municipais, privadas e estaduais. O programa consiste em vinte aulas por ano, a serem ministradas uma vez por semana, com duração de um período de aula.

O programa tem como objetivo desenvolver habilidades socioemocionais, capazes de prevenir os mais diferentes comportamentos de risco e melhorar a qualidade de vida dos alunos, familiares e da comunidade.

Cada aluno receberá um kit contendo um manual ilustrado com atividades para acompanhar em aula e desafio da semana para realizarem em casa. Também receberá um cartaz com lembrete sobre aprendizados em sala de aula.

Já os professores receberão um manual com um guia descritivo de cada aula, com passo a passo para aplicação. Além disso, receberão três cartazes para usarem em sala de aula. Ainda, terão acesso a uma plataforma online para acessarem vídeos de cada uma das sessões do programa. Os vídeos são práticos e objetivos, com duração média de 3 minutos, trazendo um resumo de cada uma das sessões e auxiliando os professores a compreenderem as práticas. Além disso, a plataforma também poderá ser utilizada para esclarecer dúvidas dos educadores. Para garantir a fidelidade na aplicação do programa, os professores também serão supervisionados.

Saiba mais sobre o programa Google for Education

O município adquiriu 1.020 Chromebooks que serão utilizados na rede de ensino fundamental, ampliando a capacidade de acesso às novas soluções de tecnologia, além de disponibilizar aos professores e alunos máquinas avançadas, com mobilidade e uma solução integrada para uso em aula: a plataforma Google for Education.

Os cromebooks serão distribuídos proporcionalmente nas 18 EMEFs de Lajeado.  Para fomentar a máxima utilização dos equipamentos, visando potencializar os processos de ensino e aprendizagem, os professores serão capacitados.

O Google for Education é uma plataforma que facilita a comunicação entre professores, estudantes, pais e colegas para ampliar o engajamento, motivação e o uso de tecnologias digitais em sala de aula. Possibilita o uso de novas estratégias na elaboração de aulas e permite que os alunos estudem de maneira mais colaborativa.

As ferramentas digitais serão parte do dia a dia, permitindo tarefas on e offline. Professores e alunos terão um e-mail cadastrado na plataforma, dando acesso a ferramentas como a Agenda do Google, o Drive (banco de armazenamento de arquivos online), programas de criação de documentos e formulários.

Com o G Suite for Education, os professores poderão criar novas formas de ensino e aprendizagem, tornando mais simples as tarefas do dia a dia das comunidades escolares.
 

Leia mais: http://www.lajeado.rs.gov.br/?titulo=Professores de Lajeado participam da formação do Programa SEJA e conhecem projeto Google for Education em evento na Univates&template=conteudo&categoria=892&codigoCategoria=892&idNoticia=10000&tipoConteudo=INCLUDE_MOSTRA_NOTICIAS