Capes aumenta bolsas em 42% dos cursos de mestrado e doutorado

Pós-graduação

Capes aumenta bolsas em 42% dos cursos de mestrado e doutorado

Neste ano, a pós-graduação stricto sensu contará com 3.386 bolsas a mais

Com a implantação do Modelo de Distribuição de Bolsas, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aumentou o número de bolsas em 42,1% dos cursos de mestrado e doutorado. Os dados foram apresentados nesta sexta-feira, 27, por Benedito Aguiar, presidente da Capes.

O aumento foi possível devido à inclusão de 3.386 bolsas ao sistema brasileiro de pós-graduação stricto sensu. Com a incorporação desses benefícios, os cursos de mestrados e dourado passaram a contar com cerca de 84,7 mil bolsas financiadas pela Capes.

O Modelo de Distribuição de Bolsas valoriza os cursos com bons desempenhos na avaliação da Capes e investe na formação de pessoal e na pesquisa científica em todo o país. Dessa forma, outros 37,7% do total dos cursos mantiveram o número de bolsas que tinham antes da implantação do modelo.

Apenas 20,2% dos cursos tiveram redução no número de bolsas. Esses benefícios não foram cortados. Eles ficaram no chamado “empréstimo”, ou seja, o pesquisador vai continuar recebendo normalmente o recurso até o final da vigência da bolsa. “Esses empréstimos poderão, plenamente, ser recuperados quando o modelo em 2021 for alimentado com os novos indicadores dos cursos”, ressaltou Aguiar.

Assessoria de Comunicação Social, com informações da Capes

Leia mais: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=87061:capes-aumenta-bolsas-em-42-dos-cursos-de-mestrado-e-doutorado&catid=12