Dois processos seletivos para contratação de profissionais temporários que atuarão no Censo Demográfico do Instituta nação brasileiraeiro de Geografia e Estatística (IBGE) vão abrir 12.899 no Rio Grande do Sul. As inscrições se encerram dia 24 de março de 2020.

Um dos processos é para contratar os recenseadores, que realizarão as entrevistas em domicílios. Serão mais de 11 mil recenseadores, com vagas em todos os 497 municípios gaúchos. O nível de escolaridade exigido é ensino fundamental completo e os recenseadores serão remunerados por produtividade.

A outra seleção é para agentes censitários municipais (ACM) e agentes censitários supervisores (ACS), com escolaridade exigida de ensino médio completo. As remunerações são de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS. Serão 1.744 vagas, distribuídas em centenas de cidades gaúchas.

Os ACM serão responsáveis pela coordenação da coleta do Censo 2020 em cada município, enquanto os ACS vão supervisionar o trabalho dos recenseadores.

Os contratos terão duração prevista de três meses para recenseadores e de cinco meses para ACM/ACS, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária.

O edital pode ser conferido no site da Cebraspe (www.cebraspe.org.br), mesmo local para se fazer as inscrições. A documentação referente ao conteúdo programático está no edital.

Provas serão realizadas em todos os municípios onde houver vagas. Os exames para ACM/ACS serão em 17 de maio de 2020 e para recenseadores, em 24 de maio. A taxa de inscrição custa R$ 35,80 para ACM/ACS e R$ 23,61 para recenseador.

Fonte: IBGE