Nesta sexta-feira, 06/03, a Estratégia Saúde da Família (ESF) do bairro Conservas fará um dia de paralisação das atividades em razão de diversos episódios de violência registrados no local. Neste dia, não haverá atendimento ao público externo e, às 9h30, haverá um encontro entre lideranças comunitárias e servidores para definir ações de melhorias a fim de evitar novos problemas na ESF. O posto volta a funcionar normalmente na segunda-feira, 09/03.

Conforme a enfermeira coordenadora da ESF Conservas, Franciele Mattei, desde 2019 estão ocorrendo diversas situações de violência de indivíduos da comunidade contra os funcionários da Unidade. “O objetivo da paralisação é cessar as situações de violência, ouvir as demandas da nossa comunidade e definir ações de melhorias”, explicou Franciele.

Já a reunião com as lideranças ocorrerá no próprio posto e reunirá autoridades, presidentes de clubes e associações do bairro, representantes das Igrejas, diretores das escolas, da Univates e da Brigada Militar. “Queremos fortificar a relação entre a comunidade e a equipe de saúde, bem como definir uma estratégia para extinguir as situações de violência”, concluiu Franciele.

As consultas que estavam marcadas para essa sexta-feira, 06/03, já foram remarcadas com os pacientes.