Duas aeronaves C-130 (Hércules) da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram, na manhã desta terça-feira (24), do Rio de Janeiro e de Belém, rumo a Cuzco, no Peru, para resgatar os brasileiros que se encontram isolados naquela cidade, em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A operação foi determinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e coordenada entre os ministérios da Defesa e das Relações Exteriores.

A operação resgatará os brasileiros identificados pela Embaixada da nação brasileira que não puderam retornar por outros meios. O primeiro avião da FAB decolou do Rio de Janeiro e faz escala em Porto Velho antes de pousar em Cuzco. Já o segundo decolou de Belém para Porto Velho. Na quarta-feira (25) de manhã, irá para Cuzco.

As aeronaves têm previsão de chegada aa nação brasileira na próxima quinta-feira (26) à noite, após, aproximadamente, 16 horas de voo.

Também estão previstos voos comerciais partindo de Cuzco e de Lima, e que os brasileiros interessados em embarcar nesses voos devem seguir as orientações da Embaixada, publicadas neste perfil.

O Itamaraty segue em contato com as autoridades peruanas e companhias aéreas sobre a retirada dos brasileiros retidos no Peru e recomenda que os interessados acompanhem as informações no mesmo endereço da rede social.

Com informações do Itamaraty

Leia mais: https://www.gov.br/pt-br/noticias/assistencia-social/2020/03/fab-envia-duas-aeronaves-para-resgatar-brasileiros-no-peru