O governo do Estado seguiu trabalhando nesta segunda-feira (30/3) para amenizar os efeitos da pandemia do coronavírus no Rio Grande do Sul. Em transmissão ao vivo pela internet, à tarde, o governador Eduardo Leite estacou que busca a parceria dos prefeitos no combate à doença.

“Os municípios e os prefeitos são peça fundamental neste momento. O momento é de união e de solidariedade entre todos. Queremos sintonia e coordenação de esforços, sem jogo de empurra de responsabilidades e sem medo de tomar medidas antipáticas. Estamos observando a evolução do quadro e não descartamos alterar determinações no futuro”, disse o governador.

Leite também anunciou duas medidas a fim de mitigar o impacto econômico causado pelas restrições impostas para evitar a propagação do coronavírus. O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) disponibilizará R$ 500 milhões para capital de giro de micro e pequenas empresas e outros R$ 500 milhões para serem usados no período de pós-crise em investimentos. Além disso, a instituição oferecerá seis meses de carência no pagamento para aqueles empreendedores que tomaram empréstimos no banco.

Ainda durante a tarde, o governador se reuniu, por videoconferência, com deputados federais e senadores gaúchos. Leite recebeu a confirmação da destinação de R$ 174 milhões em emendas para a saúde, que devem ser liberados já em abril pelo governo federal. “A disponibilidade de recursos da bancada para apoiar os investimentos necessários na saúde é fundamental. Algumas pautas relevantes em função dos impactos econômicos causados pelo coronavírus devem tramitar nesta semana em caráter de urgência no Congresso Nacional”, disse o governador, agradecendo aos parlamentares pela parceria.

A Secretaria da Saúde recebe nesta terça-feira (31/3) mais 405 mil máscaras de proteção para os profissionais de saúde que estão na linha de frente do atendimento a pacientes com a Covid-19. Somadas às já entregues pelo Ministério da Saúde desde o início da pandemia do coronavírus, o Rio Grande do Sul totaliza o recebimento de 710 mil unidades de máscaras protetoras. A partir de quarta-feira (1/4), o governo distribuirá 70 mil litros de álcool líquido a municípios e hospitais gaúchos, para auxiliar os profissionais que estão na linha de frente do enfrentamento à epidemia da Covid-19. A previsão é de que mais 70 mil litros sejam distribuídos ao longo do mês de abril, completando R$ 140 mil litros.

Texto e edição: Secom