Conhecida como a maior feira do segmento coureiro-calçadista da América Latina, a 44ª Feira Internacional de Couros, Produtos Químicos, Componentes, Máquinas e Equipamentos para Calçados e Curtumes (Fimec) começou nesta terça-feira (10/3), em Novo Hamburgo. Assim como no ano passado, o governador Eduardo Leite compareceu à abertura da feira, nos pavilhões da Fenac.

“O segmento coureiro-calçadista tem uma dinâmica econômica muito importante para o Estado e temos orgulho de sermos referência em tecnologia e inteligência para o calçado. A feira é um momento onde todo esse segmento produtivo se encontra para organizar investimentos”, destacou Leite.

A Fimec, que ocorre até 12 de março, das 13h às 20h, reúne centenas de expositores com lançamentos de produtos, tecnologias e serviços, além de milhares de visitantes. Nesta edição, compradores internacionais de países como Equador, Colômbia, Guatemala, Peru e Argentina comparecerão ao evento em busca de soluções em tecnologia e maquinários para os parques fabris. A edição deste ano ainda oferece atrações como o 3º Fórum Fimec, a 11ª Fábrica Conceito, o Estúdio Fimec e palestras pocket.

O governador lembrou que, no final do ano passado, foi assinado um decreto que alterou o sistema de tributação do calçado e reduziu de 12% para 4% a alíquota de ICMS do segmento. Considerando o grande volume de ocupações gerados, o governo do Estado concluiu que a indústria merecia um olhar especial. As novas alíquotas entram em vigor em abril.

“Estamos aqui novamente para reiterar nosso apreço, nosso respeito e nossa permanente disposição ao diálogo, a fim de construirmos as melhores condições para investimentos do ponto de vista tributário, logístico e de redução de burocracia”, explicou Leite.

leite pavilhões fimec nh 2020 Leite fez uma visita guiada pelos estandes da feira que reúne mais de 500 expositores – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

Em 2019, o evento recebeu cerca de 700 marcas apresentando produtos e serviços por meio de mais de 500 expositores. O Rio Grande do Sul também foi, em 2019, o maior exportador de calçados, de onde partiram 30,6 milhões de pares, que produziram US$ 444,7 milhões, fechamentos superiores tanto em volume (12,7%) quanto em receita (3,8%) se comparados aos de 2018.

Também estiveram presentes no evento o presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo, o diretor-presidente da Fenac, Marcio Jung, o presidente do Conselho Diretor do Centro das Indústrias de Curtume da nação brasileira, Gilmar Harth, o deputado estadual Dalciso Oliveira, e a prefeita de Novo Hamburgo, Fátima Daudt.

Canal oficial do governo gaúcho. INSCREVA-SE e saiba em primeira mão as notícias do Rio Grande do Sul. Siga também nossos perfis no twitter @governo_rs, facebook GovernodoRS e no portal do governo: http://www.rs.gov.br/ Acesse este espaço também par Crédito: Governo do Rio Grande do Sul

Texto: Suzy Scarton
Edição: Patrícia Specht/Secom