O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 trará uma novidade nos recursos disponíveis para atender participantes com deficiências visuais. Pela primeira vez, as provas poderão ser realizadas com o leitor de tela, um software que dá mais autonomia na realização do exame para indivíduos com cegueira ou baixa visão. 

A medida é parte da estratégia do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), que coordena a realização do Enem. A prova compatível com o leitor de tela será disponibilizada em mídia eletrônica, em computador providenciado pelo Inep.

“O Enem 2020 ratifica o compromisso e a própria história do Inep ao criar, a cada ano, mais oportunidades de acesso aos interessados em fazer o exame. A edição deste ano terá leitor de tela para indivíduos com deficiência visual”, afirma Alexandre Lopes, presidente do Inep. 

Enem acessível

Com a leitura de tela, o participante pode navegar pela prova de acordo com a sua vontade, podendo ler a prova na ordem que desejar, repetir a leitura quantas vezes considerar necessário ou retomar uma questão no ponto em que escolher. 

O Enem já conta com uma série de auxílios para que mais indivíduos possam optar como preferem realizar o exame. Além do novo recurso, o Inep assegura:

  • Uso de prova em braile;
  • Prova com letra ampliada (fonte de tamanho 18 figuras ampliadas);
  • Prova com letra superampliada (fonte de tamanho 24 e com figuras ampliadas);
  • Tradutor-intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e;
  • Vídeoprova em Libras (vídeo com a tradução de itens em Libras).

Além disso, também são oferecidos serviços de apoio, como o tradutor-intérprete, guia-intérprete, auxílio para leitura, auxílio para transcrição e leitura labial. Os participantes também podem solicitar salas de fácil acesso, mobiliário acessível e tempo incremento. O Inep ainda permite a utilização de instrumentos de acessibilidade indivídual durante os exames.

O Enem 2020 impresso permite que o participante, em conformidade com suas necessidades e o deferimento de sua solicitação de atendimento, poderá levar itens como máquina de escrever em braile, óculos especiais, lupa, entre outros. O uso de cão-guia é assegurado por lei e também está previsto no edital. 

Em 2020, as solicitações para esses atendimentos deverão ser feitas entre os dias 11 e 22 de maio, na Página do Participante, no portal gov.br. Os fechamentos serão comunicados no dia 29 de maio. O período de apresentação de recursos vai de 1º a 5 de junho e o fechamento final será publicado no dia 10 de junho. 

Com informações do Ministério da Educação

 

Leia mais: https://www.gov.br/pt-br/noticias/educacao-e-pesquisa/2020/04/enem-2020-deficientes-visuais-terao-auxilio-de-software-de-leitura-de-tela-para-realizar-a-prova