NOTA OFICIAL

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, esclarece que não atribuiu a letalidade por coronavírus no Hospital Santa Maggiore, em São Paulo, ao serviço de enfermagem. A fala destaca que lá há uma situação atípica, dado o modelo de negócio do plano de saúde voltado exclusivamente para indivíduos acima de 60 anos, público vulnerável ao coronavírus, todo internado no mesmo hospital.

O que o ministro afirmou é que, dado o modelo, seria impossível bloquear a disseminação do vírus nesse público específico.

O ministro Luiz Henrique Mandetta tem repetido sua confiança e admiração pela enfermagem brasileira. O talento e a abnegação dos enfermeiros serão cruciais no enfrentamento à pandemia do coronavírus. O Ministério da Saúde está aberto ao diálogo com a categoria e tem trabalhado para promover os cuidados necessários para esses profissionais que estarão na linha de frente da assistência aos pacientes brasileiros.

Atendimento à imprensa
(61) 3315.3580