O Rio Grande do Sul recebeu 25 mil comprimidos de cloroquina 150 mg para o tratamento de pacientes graves e hospitalizados de Covid-19. Alguns hospitais gaúchos foram oficializados para demonstrar interesse em receber o medicamento. A distribuição é realizada por meio das Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs).

O volume é suficiente para o atendimento às indivíduos com a forma mais grave da doença que estejam em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O governo federal deve enviar mais doses nas próximas semanas.

A cloroquina ainda não tem eficácia comprovada cientificamente contra a Covid-19, mas estudos estão sendo realizados em diversos lugares do mundo. De acordo com o ministério, os fechamentos preliminares são promissores, e a decisão de uso do medicamento cabe ao médico avaliar caso a caso. A automedicação é absolutamente desaconselhável.

Texto: Marília Pereira Bissigo/Ascom SES
Edição: Secom