Governo discute medidas com setor aéreo para superar a crise

0 0
Read Time:1 Minute, 24 Second

Ministro da Infraestrutura se reuniu por videoconferência, nesta segunda-feira (20), com os executivos principais das três maiores companhias aéreas brasileiras

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, se reuniu por videoconferência, nesta segunda-feira (20), com os executivos principais das três maiores companhias aéreas brasileiras. Um dos temas discutidos foi a medida em discussão de compra antecipada, com desconto, de um lote grande de passagens aéreas, utilizadas futuramente conforme as necessidades do Governo Federal.

A proposta é do Ministério da Economia e envolve negociação com as companhias para definir percentual de desconto. O Ministério da Infraestrutura está participando do processo. A aquisição antecipada beneficiaria o governo, que é um dos principais clientes do setor, e também as empresas aéreas, que necessitam de capital de giro para se manter durante a crise.

Tarcísio de Freitas disse no encontro que o Ministério da Infraestrutura está acompanhando as negociações das companhias aéreas com o BNDES e os bancos privados que devem disponibilizar crédito para o setor. O ministro lembrou outras medidas já adotadas para ajudar o setor a superar a crise, como a MP 925 e resolução da ANAC sobre flexibilização das regras que definem quem tem direito aos slots. “Precisamos ao mesmo tempo atender a economia, os empregos, mas também preservar as finanças públicas para conseguirmos fechar as contas do governo”, lembrou Freitas.

Participaram da reunião o CEO da Azul Linhas Aéreas, John Rodgerson, o CEO da Latam Linhas Aéreas, Jerome Cadier, e o CEO Gol Linhas Aéreas, Paulo Kakinoff, além dos senadores Wellington Fagundes (MT) e Antônio Anastasia (MG), e deputados federais que compõem a Frente Parlamentar Mista de Logística e Infraestrutura (FRENLOGI).

Assessoria Especial de Comunicação

Ministério da Infraestrutura

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %