A Associaçãa nação brasileiraeira da Indústria da Cerveja – CervBrasil informou à Secretária de Relações Federativas e Internacionais do RS, Ana Amelia Lemos, que a entidade dará prioridade ao Rio Grande do Sul, no Comitê que une empresas como GM, Vale, Ford, Renault, Scania, Nissan, SENAI, Bosch, dentre outras, para auxiliar no reparo dos equipamentos de respiração artificial. O diretor executivo da CervBrasil, Paulo de Tarso Petroni, justificou a escolha porque o Estado concentra um grande número de indústrias de cervejas.

Da mesma forma, a Receita Federal, no RS, disponibilizou para o estado cem mil litros de bebidas alcoólicas, apreendidas em fiscalizações, para serem transformadas em álcool gel.

Todas essas ofertas foram encaminhadas pela Serfi para o comitê coordenado pelo Cel. Julio César Rocha Lopes, Chefe da Casa Militar, encarregado de receber os materiais para serem usados pela Secretaria de Saúde, na prevenção e tratamento do Covid-19.