COVID-19

Chamamento público prevê a compra emergencial de 4 milhões de testes RT-PCR. Até o momento, quase 2,5 milhões de testes rápidos e RT-PCR foram distribuídos aos Estados

O Ministério da Saúde convocou, por chamamento público, empresas interessadas em fornecer 4 milhões de testes RT-PCR (biologia molecular) para diagnóstico da COVID-19. A medida vem de encontro ao esforço permanente do Governo da nação brasileira para ampliar a testagem para o coronavírus na rede pública de saúde por meio da disponibilização de novos testes, seja por compra direta ou por meio de doações.


Leia também:


As propostas devem ser enviadas à pasta até às 23h59 desta sexta-feira (17/4), conforme orientações que constam no Aviso de Chamamento Público, comunicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (16). O novo contrato para aquisição de mais testes tem caráter emergencial.

Na última quarta-feira (15), o Ministério da Saúde começou a distribuir mais um lote de 45 mil testes RT-PCR produzidos pela Fiocruz. Com isso, já são 476,2 mil testes RT-PCR (biologia molecular) enviados aos Laboratórios Centrais de Saúde Pública (LACENs) de todo o país. O quantitativo faz parte das aquisições já entregues ao Ministério da Saúde pela Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz (129.712), Instituto de Biologia Molecular do Paraná – IBMP (46.560) e doação da Petrobrás (300 mil).

Os testes RT-PCR identificam o vírus que provoca a COVID-19 logo no início dos sintomas, ou seja, no período em que ainda está agindo no organismo. Eles são usados para diagnosticar casos graves internados com a COVID-19. Além disso, são utilizados na Rede Sentinela, que acompanha por amostragem a evolução da doença na nação brasileira, como os sintomas dos casos associados ao vírus tanto em quadros graves, na Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), quanto em casos leves, na Síndrome Gripal (SG).

TESTES RÁPIDOS

Em relação aos testes rápidos (sorologia), até esta quinta-feira (17), mais de 2 milhões de unidades já foram distribuídas aos estados de todo o país. Eles foram doados pela mineradora Vale ao Ministério da Saúde para auxiliar a nação brasileira no enfrentamento ao coronavírus. Uma quarta remessa de testes rápidos doados pela mineradora chegará aa nação brasileira no próximo sábado (18). Deste montante, 180 mil seguiram para uso em pesquisas e 247 mil para compor o estoque estratégico do Ministério da Saúde.

No total, a Vale doou ao Ministério da Saúde 5 milhões de testes rápidos que irão atender os profissionais que atuam nos serviços de saúde de todo o país, além de agentes de segurança, como policiais, bombeiros e guardas civis com sintomas de síndrome gripal. A iniciativa permite que estes profissionais, que estão na linha de frente e fazem parte de serviços essenciais, possam realizar o teste e, uma vez que não apresentem mais sintomas da doença, possam retornar ao trabalho em menos tempo, com segurança, sem que precisem aguardar os 14 dias de isolamento preconizado.

Distribuição do teste RT-PCR (biologia molecular)

UF

Instituição

 TOTAL

 

Instituto Biológico do Exército

2.016

 

CHP-Bio Manguinhos

528

RJ

Lab. de Vírus Respiratórios e Sarampo Fiocruz/RJ

4.080

AP

Instituto Adolfo Lutz

69.244

PA

Instituto Evandro Chagas/SVS/MS

7.692

RS

Lab. de Saúde Pública Rio Grande do Sul

16.568

SC

Lab. de Saúde Pública de Santa Catarina

13.840

GO

Lab. de Saúde Pública Dr. Gyovani Cysnei

9.136

PR

Lab. Central de Saúde Pública do Paraná

16.960

AM

Lab. Central de Saúde Pública do Amazonas

8.072

BA

Fundo Estadual de Saúde do Estado da Bahia

13.288

CE

Lab. Central de Saúde Pública do Ceara

13.928

ES

Lab. de Saúde Pública do Espirito Santo

18.240

MS

Lab. de Saúde Pública do Mato Grosso Sul

9.848

PA

Lab. Central de Saúde Pública do Para

6.304

PE

Lab. Central Saúde Pública de Pernambuco

22.416

MG

Lab. Fundação Ezequiel Dias

39.768

RR

Lab. Central Saúde Pública de Roraima

5.872

DF

Lab. Central de Saúde Pública do Distrito Federal

16.456

RJ

Lab. Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro

110.080

SE

Lab. Central de Saúde Pública de Sergipe

9.016

AL

Lab. Central de Saúde Pública de Alagoas

7.968

RN

Lab. Central do Rio Grande do Norte

11.104

PI

Lab. Central de Saúde Pública do Piauí

4.180

MT

Lab. Central de Saúde Pública do Mato Grosso

4.632

RO

Lab. Central de Saúde Pública de Rondônia

5.992

TO

Lab. Central de Saúde Pública de Tocantins

4.632

MA

Lab. Central de Saúde Pública do Maranhão

4.608

AP

Lab. Central de Saúde Pública do Amapá

3.848

PB

Lab. Central de Saúde Pública da Paraíba

7.848

AC

Lab. Central de Saúde Pública do Acre

3.628

RJ

Instituto Nacional do Câncer (INCA)

2.000

DF

Penitenciária Feminina do DF

500

 

IBMP/FIOCRUZ – PR

 

DF

Hospital das Forças Armadas (HFA)

1.000

 TOTAL

476.272

 


Testes rápidos (sorologia) – Doação Vale (distribuídos ou em distribuição)

 

UF

TOTAL

AC

7.201

AL

28.961

AP

6.287

AM

31.170

BA

138.145

CE

83.102

DF

27.727

ES

38.371

GO

60.219

MA

59.695

MT

28.850

MS

27.757

MG

223.486

PA

60.667

PB

41.284

PR

114.891

PE

89.073

PI

32.272

RJ

179.014

RN

34.338

RS

132.329

RO

14.685

RR

4.874

SC

70.867

SP

467.402

SE

21.072

TO

16.088

TOTAL

2.039.107

 

Para saber mais sobre coronavírus, acesse nossa página especial

Por Natália Monteiro e Tinna de Oliveira, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315-3580 / 2351 / 3713