O governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (SES), celebrou nesta segunda-feira (6/4) contrato com a empresa M&S Produtos Agropecuários para a realização de exames de diagnóstico em indivíduos com suspeita de coronavírus. O contrato foi assinado durante reunião por videoconferência realizada entre a secretaria, em Porto Alegre, e a empresa, em Pelotas.

“Em épocas de pandemia, temos de buscar serviços que tenham segurança e contar com a disposição de instituições com condições técnicas de realizar o trabalho, como este laboratório, que é de excelência”, afirmou a secretária da Saúde, Arita Bergmann. “Precisávamos ampliar a cobertura de exames, feitos pelo Lacen (Laboratório Central do Estado), para profissionais de saúde e da segurança pública a partir do 10° dia da manifestação dos sintomas.”

A previsão é de que o laboratório realize cerca de 250 exames por dia. O contrato prevê que a empresa forneça os insumos para a realização dos exames em amostras enviadas pela SES. Os fechamentos devem ser encaminhados ao Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) em até 24 horas após o recebimento do material por parte da empresa.

“Queria agradecer a oportunidade de prestar esse serviço. Temos a noção da importância epidemiológica deste trabalho e estamos colocando nossa estrutura à disposição para tentarmos conter a disseminação do vírus, dando agilidade à confecção dos exames”, disse Toni Patrick dos Santos Machado, um dos proprietários da empresa.

A validade do contrato é por seis meses, podendo ser prorrogado por mais meio ano. É o primeiro laboratório que o Estado está contratando, com os serviços custeados com recursos do Tesouro do Estado. Em breve, o Estado deverá ampliar a parceria com universidades para a realização de mais exames.

Texto: Ascom SES
Edição: Secom