A prefeitura de São Bernardo do Campo, na região do ABC Paulista, começa hoje (28) a fazer testes para detectar o coronavírus em 10,8 mil profissionais da saúde e segurança municipal.

Feitas com amostras de sangue, as análises ficam prontas em 48 horas e indicam se a pessoa tem a doença e está sem sintomas ou até se já teve a infecção e desenvolveu anticorpos. Para fazer a testagem, a prefeitura assinou um contrato de R$ 1,5 milhão com a Fundação do ABC.

“O exame vai diagnosticar indivíduos que tiveram infecção pelo coronavírus, mas apresentam pouco ou nenhum sintoma, e também aqueles que já se curaram naturalmente. Com isso, vamos saber quem pode continuar trabalhando e quem precisa se afastar. Estamos fazendo de tudo para proteger a nossa população”, ressaltou o prefeito Orlando Morando, em postagem no Facebook.

Casos

Até ontem (27), segundo o boletim diário da prefeitura, São Bernardo tinha 46 mortes e 416 casos confirmados de coronavírus.

Créditos: Agência Brasil