Impressora gera multa automaticamente Foto: Maiara Rovêa Impressora gera multa automaticamente

Para facilitar o processamento das informações e o gerenciamento do trânsito urbano, a Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública, passou a adotar o uso de talonário eletrônico para o registro de multas no município. Os 35 agentes de trânsito já estão usando os talonários eletrônicos no trabalho diário de fiscalização.

As novas ferramentas usadas pelos servidores são um smartphone e uma impressora térmica que servem para a inscrição virtual das multas junto ao Detran-RS. Os aparelhos estavam sendo testados desde o final de abril.

Para Vinícius Renner, coordenador do Departamento de Trânsito, a substituição do processo manual dos autos infração reduzirá os possíveis erros de preenchimento e facilitará o acesso ao banco de dados do Detran.

– Os agentes terão informações que antes não tinham nas ruas. Com uma ferramenta célere, todo este processo de emissão de multa se torna eletrônico, gerado de forma automática – explicou Renner.

Além do auxílio no processamento de dados, o dispositivo permite que o servidor anexe fotos e áudios das ocorrências, e também que solicite outros serviços de trânsito, como o guincho.

– Essa nova maneira de inscrição das multas torna a infração constatada mais transparente, e posteriormente facilita a homologação do auto de infração – contou Renner.

O que é o talonário eletrônico?

É um dispositivo portátil que permite o armazenamento e o preenchimento de informações dos veículos e dos respectivos condutores de forma digital. Uma vez que as informações forem preenchidos, eles ficarão salvos no sistema do Detran para consultas posteriores.