A venda do mix de produtos dos permissionários da Ceasa, em Porto Alegre, apontou saldo positivo no ano passado. Conforme o segmento de análise e informações da Gerência Técnica, no ano passado produtores e empresários atacadistas venderam menos, mas arrecadaram mais. O valor total obtido com a venda de hortigranjeiros foi de R$ 1,5 bilhão, crescimento de 21,51% em relação a 2018, cujo valor chegou a R$ 1,2 bilhão.

Em relação à quantidade de toneladas negociadas houve retração. Em 2019, os permissionários venderam 607,5 mil toneladas ante 611 mil de 2018, configurando redução de 0,58%. A queda pode ser explicada pela quebra de safras de algumas culturas em razão de condições climáticas adversas.

A estatística, que geralmente é anunciada em março, neste ano teve de ser adiada por diferentes motivos, como a saída de servidores e a pandemia, que causou afastamento de funcionários do grupo de risco.

COMPARATIVO ANUAL

Em valores

2019 R$ 1.553.351.154,51
2018 R$ 1.278.360.149,21

Em volume

2019 607.520.571,4 kg
2018 611.117.877,8 kg

Texto: Eduardo Rodrigues/Ascom Ceasa
Edição: Secom