Em meados de abril, uma criança contaminada nasceu no Peru

O Globo e agências internacionais

17/05/2020 – 15:55 / Atualizado em 17/05/2020 – 16:02

Homem com a máscara usada incorretamente na ponte em frente ao Kremlin, em Moscou Foto: YURI KADOBNOV / AFP Homem com a máscara usada incorretamente na ponte em frente ao Kremlin, em Moscou Foto: YURI KADOBNOV / AFP

MOSCOU – Um bebê, filho de uma mãe portadora, nasceu infectado com o novo coronavírus na Ossétia do Norte, na Rússia, segundo  informaram hoje autoridades locais. “Uma grávida foi infectada com coronavírus, e seu bebê nasceu infectado”, disse um porta-voz do Ministério Regional da Saúde à agência de notícias oficial russa TASS. “Eles estão em casa. A situação é satisfatória”, acrescentou o porta-voz.

Leia mais:Europa teve múltiplos casos de síndrome inflamatória em crianças ligada à Covid-19

Em meados de abril, um bebê infectado com a COVID-19 já havia nascido no Peru. Trata-se, portanto, do “segundo caso” com essas características no mundo. No caso da Ossétia do Norte, o bebê contaminado nasceu no hospital central de Beslan, onde 17 das 35 gestantes internadas à espera do parto estão infectadas com a doença, disse o diretor de maternidade do estabelecimento, Hasan Tagaiev, citado por uma emissora de televisão local.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/bebe-infectado-com-coronavirus-nasce-na-russia-24431882