Nos primeiros quatro meses do ano, a quantidade de denúncias cresceu 14,1% em relação a 2019

O Globo

15/05/2020 – 13:20 / Atualizado em 15/05/2020 – 13:22

Representante do governo federal dos Direitos Humanos, Damares Alves Foto: Jorge William/Agência O Globo Representante do governo federal dos Direitos Humanos, Damares Alves Foto: Jorge William/Agência O Globo

BRASÍLIA (Reuters) – As denúncias de violência contra mulher no disque denúncia do governo federal aumentaram 35% em abril deste ano na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou nesta sexta-feira a ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves.

Nos primeiros quatro meses do ano, a quantidade de denúncias cresceu 14,1% em relação a 2019, acrescentou a ministra, que citou as medidas de isolamento social decretadas para conter o avanço do coronavírus como razão para o crescimento.

O governo federal lançou nesta sexta-feira uma campanha de conscientização para incentivar as denúncias de violência doméstica por parte de vizinhos ou parentes, em casos de suspeita, durante o período de quarentena.

“Com decretação de quarentena, agressores e vítimas passaram a conviver 24 horas na mesma casa”, ressaltou Damares.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/brasil-teve-crescimento-de-35-nas-denuncias-de-violencia-contra-mulher-durante-pandemia-diz-damares-24428955