Na segunda-feira, o total de infectados chegava a 168.331 e 11.519 mortes confirmadas

Leandro Prazeres, Renata Mariz, André de Souza e Victor Farias

12/05/2020 – 18:57 / Atualizado em 12/05/2020 – 19:48

Movimentação de passageiros na Estação da Luz, região central de São Paulo Foto: Foto Rua / Fábio Vieira/Foto Rua Movimentação de passageiros na Estação da Luz, região central de São Paulo Foto: Foto Rua / Fábio Vieira/Foto Rua

BRASÍLIA – O número de mortes em decorrência do novo coronavírus demonstrou um novo recorde nesta terça-feira com 881 novos óbitos. Com isso, a nação brasileira chega a 12.400 mortes provocadas pela doença até o momento. Os dados foram incluidos no sistema do Ministério da Saúde nas últimas 24 horas, mas podem ter ocorrido em dias anteriores.

Coronavírus: Brasil ultrapassa Alemanha e se torna sétimo país mais afetado pela Covid-19

De acordo o ministério, a quantidade de indivíduos diagnosticadas com a doença no país subiu para 177.589, com 9.258 novas infecções registradas. No último balanço do governo, na segunda-feira, o total de infectados chegava a 168.331 e 11.519 mortes confirmadas.

De acordo com o balanço comunicado pelo ministério, o crescimento na quantidade de casos foi de 5,4%, saindo de 168.331 para 168.331. Em relação aa quantidade de mortes, o crescimento foi de 7,6%, saindo de 11.519 para 12.400.

Número de casos e de óbitos por UF Foto: Divulgação/ Ministério da Saúde Número de casos e de óbitos por UF Foto: Divulgação/ Ministério da Saúde

Os estados com o maior número de casos são: São Paulo (47.719), Rio de Janeiro (18.486), Ceará (18.412), Pernambuco (14.309) e Amazonas (14.168).

InvestigaçãoMinistério identifica 39 casos suspeitos de Covid-19 antes do primeiro confirmado

Os estados com o maior número de mortes são: São Paulo (3.949), Rio de Janeiro (1.928), Ceará (1.280), Pernambuco (1.157) e Amazonas (1.098).

O ministério indica ainda que 40,9% do total de infectados até o momento, o que corresponde a 72.597 indivíduos, estão recuperadas da doença, enquanto 92.593 indivíduos (52,1%) estão em acompanhamento. Os 7% restantes são os óbitos. Há ainda 2.050 mortes em investigação.

Leia mais: https://oglobo.globo.com/sociedade/com-881-novos-obitos-brasil-chega-12400-mortes-por-covid-19-1-24423500