Brasília (DF), 19/05/2020 – Doação de sangue, de kits alimentação, fabricação e distribuição de máscaras, desinfecção de ambientes e conscientização da população quanto à prevenção e combate ao novo coronavírus são algumas das ações que militares da Marinha, Exército e Aeronáutica desempenham durante a pandemia. Em todo o País, as Forças Armadas mantém-se atuantes para proteger e apoiar a população.

O Comando do 7º Distrito Naval, por meio da Capitania Fluvial do Araguaia, em Tocantins, realiza, desde março, ações de conscientização para prevenção e combate ao novo coronavírus. As orientações são dadas durante as inspeções navais no lago formado pela Usina Hidrelétrica Luís Eduardo Magalhães, nos municípios de Lajeado, Palmas e Porto Nacional. As abordagens ocorrem em balsas de travessia, embarcações de esporte e recreio, de pesca e de transporte de carga e indivídual.

Doações
O 2º Regimento de Cavalaria Mecanizado (2° RC Mec) prosseguiu na entrega de kits alimentação para as famílias de crianças atendidas pelo Programa Forças no Esporte (PROFESP). Militares da Estação Rádio da Marinha em Brasília também entregaram, mais uma vez, kits alimentação às famílias das crianças participantes do PROFESP, na Escola Classe 28 do Gama (DF).

Um total de 600 máscaras foram entregues pelo 22º Batalhão Logístico Leve. O material reutilizável, produzido no batalhão, foi doado aos órgãos de Segurança Pública do Estado de São Paulo e do município de Barueri.

O 1º Batalhão Ferroviário do Exército apoiou a campanha “Aqueça seu irmão”, em Lages, Santa Catarina, para arrecadar agasalhos em um sistema de drive thru. Em Ponta Grossa, Paraná, a 5ª Brigada de Cavalaria Blindada arrecadou 9,5 toneladas de alimentos, 10,6 mil agasalhos e 1,3 mil itens de limpeza para doar às instituições de caridade e famílias vulneráveis.

Vacinação
Em parceria com a Secretária Municipal de Saúde, o 9° Batalhão de Engenharia de Combate, localizado em Aquidauana, Mato Grosso do Sul, imunizou militares contra o vírus influenza H1N1. A campanha de vacinação é para manter o nível de prontidão operacional da tropa e reforçar a imunidade dos militares em meio a pandemia da Covid-19, além de desafogar o sistema público de saúde.

Doação de sangue
Para repor o estoque do Hemocentro Municipal, militares do Tiro de Guerra de Guarulhos e de vários segmentoes da segurança pública Federal, Estadual e Municipal participam de campanha de doação de sangue. Em Manaus, Amazonas, foi a vez dos militares do Centro de Instrução de Guerra na Selva voluntariarem-se para doar sangue na campanha do Comando Conjunto Amazônia.

Outras ações
A Força Aérea Brasileia transportou, nesta terça-feira (19), cerca de quatro toneladas de álcool em gel de Anápolis, Goiás, para Manaus, Amazonas, pela aeronave KC-390 Millennium.

A Capitania dos Portos do Ceará desinfectou a Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco, em Fortaleza. Foram desinfectadas áreas de acesso público e administrativo. Em Minas Gerais, a desinfecção ocorreu no Campo de Instrução de Juiz de Fora, que também é um Centro de Educação Ambiental e Cultural.

Em São Luiz Gonzaga, Rio Grande do Sul, o 4º Regimento de Cavalaria Blindado patrulha a região em apoio a agentes de saúde durante as medidas sanitárias preventivas contra a COVID-19.

Seguindo determinações do Comando Conjunto Oeste, a 3ª Bateria de Artilharia Antiaérea apoia o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora com empréstimo e montagem de barraca. Isso reforça o cumprimento das medidas sanitárias preventivas, possibilitando que agentes de saúde tenham local adequado, em ambiente externo, para a triagem dos pacientes que apresentam sintomas de contaminação pela COVID-19.

Operação COVID-19

O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas, para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate à COVID-19. Nesse contexto, foram ativados dez Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando Aeroespacial (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do governo federal no enfrentamento à pandemia que recebeu o nome de Operação COVID-19.

As demandas recebidas pelo Ministério da Defesa, de apoio a órgãos estaduais, municipais e outros, são analisadas e direcionadas aos Comandos Conjuntos para avaliarem a possibilidade de atendimento. De acordo com a complexidade da solicitação, tais demandas poderão ser encaminhadas ao Gabinete de Crise, que determinará a melhor forma de atendimento.

Por Ten Tássia, com informações dos Comandos Conjuntos

Fotos: divulgação Forças Armadas

Para acessar fotos da Operação COVID-19, visite o Flickr da Operação.


Saiba mais:

Parceria da Defesa com Saúde reforça atendimento médico a indígenas no extremo norte do País

Militares confeccionam máscaras de proteção respiratória com 96,5% de eficiência

Capacitação para profissionais de saúde militares reinicia nesta terça-feira (19)

Confira os destaques da semana:

Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071

Leia mais: https://www.defesa.gov.br/noticias/69136-forcas-armadas-atuam-em-diversas-acoes-de-prevencao-ao-novo-coronavirus