Ações do MInfra auxiliam no combate à Covid-19

Em entrevista, ministro Tarcísio Gomes de Freitas fez um balanço das principais realizações do ministério em obras, logística e combate à corrupção

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, na manhã desta sexta-feira (12), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, fez um balanço das principais ações do ministério no combate ao novo coronavírus (Covid-19) e das entregas de obras estruturais. Só durante a pandemia, o MInfra já executou 23 obras de infraestrutura no valor de R$ 3 bilhões.

Para auxiliar no combate à Covid-19, Freitas destacou que já foram recebidas 112,5 milhões de máscaras cirúrgicas e do tipo N95 de um total de 240 milhões de unidades adquiridas pelo Ministério da Saúde. Essas máscaras chegaram por meio de 19 voos fretados pelo MInfra, que é responsável pela operação especial para trazer da China as 960 toneladas de máscaras. O ministro também ressaltou a publicação de decretos que auxiliaram os estados a manterem o fluxo logístico de mercadorias, garantindo os serviços essenciais aos caminhoneiros nas estradas. “Sem dúvida, a manutenção logística foi uma vitória silenciosa. Nenhum estado ficou sem abastecimento de alimentos, ou qualquer gênero de primeira necessidade”, avaliou o ministro.

As obras de infraestrutura também não tiveram seu cronograma alterado durante o período da pandemia. De março a maio deste ano, foram entregues 23 obras, que incluem 209 quilômetros de duplicação, pavimentação ou restauração em rodovias federais, sendo 94 km de rodovias duplicadas, 82 km de nova pavimentação e 33 km de novas restaurações, em todo o país.

O ministro aproveitou para reforçar o otimismo com a atração de investimentos privados para os ativos de infraestrutura, bem como para o andamento do cronograma para o programa de concessões. “Temos mantido contato permanente com operadores de fundos de investimento, que têm total interesse em participar de nossos leilões. Somos um país com escala, com portfólio extenso de empreendimentos, ganho operacional e estruturação sofisticada. Além de crédito para auxiliar o investidor”, acrescentou Tarcísio.

Nesse ambiente de investimentos bilionários nos projetos do governo federal, o ministro fez questão de frisar que há um permanente combate à corrupção no ministério. “Essa é outra prioridade na nossa gestão. Não admitimos qualquer desvio de conduta na execução de nossos projetos. Por isso, criamos a Subsecretaria de Governança e Integridade. Ela é chefiada por uma delegada da Polícia Federal, auxiliada por peritos e auditores federais, que investigam denúncias e eventuais vulnerabilidades no órgão”, explicou. “Temos um canal de denúncias para que qualquer cidadão possa fazer sua denúncia, anonimamente, e o programa “Radar Anticorrupção”, que estabelece boas práticas e auxílio às demais áreas do ministério sobre a temática integridade”, finalizou.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério da Infraestrutura