Expresso Azul começa a operar o transporte público na segunda-feira em Lajeado

A frota que passará a realizar o transporte público será composta por 34 ônibus Foto: Pietra Darde A frota que passará a realizar o transporte público será composta por 34 ônibus

Na segunda-feira, 22/06, o município de Lajeado passará a contar com o transporte público operado pela Expresso Azul, a primeira empresa de transporte público contratada por meio de licitação na história do município. O valor da passagem será reduzido dos atuais R$ 4,15 para R$ 3,90, entre outras melhorias. O valor inicialmente previsto, de R$ 3,93, foi reduzido em 3 centavos para facilitar o troco.

A frota que passará a realizar o transporte público será composta por 34 ônibus, todos com uma nova identidade visual. Destes, 9 ônibus serão novos. Além disso, todos os veículos têm acessibilidade, conforme o ano de fabricação, sendo que 24 têm elevador (maior que a exigência mínima que era de 30% da frota) e 14 ônibus possuem ar-condicionado (sendo que a exigência mínima era de 15% da frota). Na medida em que os veículos vão sendo trocados, durante a vigência do contrato, devem ser substituídos por veículos com acessibilidade e com ar-condicionado.

A empresa operará nas mesmas linhas e horários que eram realizados anteriormente pelas empresas Ereno Dörr e Fabio Scherer. A principal mudança é uma nova linha especial circular que ligará a UPA ao Centro, que não existia até agora. Em razão da pandemia do novo coronavírus, neste primeiro momento, a oferta de ônibus seguirá os horários de abril, que são reduzidos, assim como deve seguir o decreto municipal que exige ocupação no interior do veículo de no máximo 60% da ocupação permitida. Sendo assim, a empresa estará operando com horários provisórios até que um novo decreto municipal seja publicado, ampliando os itinerários.

 Nos próximos meses, também será implementada a tecnologia de bilhetagem eletrônica, com validadores nos veículos e demais equipamentos de apoio, visando permitir o pagamento da tarifa e o controle de acesso do passageiro por meio de cartão inteligente dos usuários. Ou seja, a empresa iniciará seus serviços com os vales impressos, mas diferentes das passagens que são utilizadas hoje (confira mais abaixo).

Ao longo do primeiro ano, a administração fará pesquisas nestes itinerários para qualificação e ajustes de rotas e horários.

Saiba mais

 – A empresa Expresso Azul S/A terá a concessão do serviço de transporte coletivo de Lajeado pelo período de dez anos, podendo ter o contrato renovado por mais 10 anos.

 – Até hoje, nunca tinha havido licitação para o transporte coletivo em Lajeado. O transporte público vinha sendo operado por meio de contratos emergenciais. As tentativas anteriores de processo licitatório não foram concluídas: um edital lançado de 2007 e outro em 2013 foram questionados na Justiça e acabaram anulados.

Contatos da Expresso Azul

Atendimento ao Passageiro

Horário de atendimento: segunda-feira a sexta-feira, das 8h as 11h30 e das 13h30 às 17h. No sábado, o atendimento ocorre das 8h às 11h30.

Escritório: Rua João Abbot, nº 1213, loja 06.

Cadastro (vale-transporte e cartão para bilhetagem eletrônica)

E-mail: valetransportes@tiolajeado.com.br

Celular: (51) 99976-0548

Tráfego (horários e itinerários)

E-mail: trafegourbano@tiolajeado.com.br

Telefone: (51) 3710-1011

Informações sobre vales-transporte

 Os vales-transportes adquiridos das antigas operadoras poderão ser utilizados até o dia 31 de julho. A partir de segunda-feira, empresas interessadas em adquirir vales deverão comprar os da Expresso Azul. Não há possibilidade de trocar os vales antigos pelos novos, bem como trocar por dinheiro. A partir de agosto, os antigos vales não serão mais aceitos.

Empresas interessadas em adquirir os vales da Expresso Azul podem se cadastrar e realizar o processo de pedidos por meio do e-mail valetransportes@tiolajeado.com.br

Pessoas com mais de 65 anos

Pessoas com mais de 65 anos são isentas. Porém, deverão se cadastrar na nova empresa para terem direito ao cartão de bilhetagem eletrônica. O cartão dará direito a usufruir do transporte. Enquanto o cartão não é disponibilizado, as pessoas poderão usar o RG por 90 dias para se identificarem ao motorista.

Pessoas com deficiências

Pessoas com deficiência deverão fazer um cadastro prévio na Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social para depois solicitarem o cartão de bilhetagem eletrônica. Enquanto isso, as pessoas poderão usar a carteirinha de deficiente emitida pelo Departamento de Trânsito Municipal, desde que sejam válidas.

Documentos necessários para fazer cartão de bilhetagem

IDOSOS

– Documento de identidade

– CPF

– Comprovante de residência

ESTUDANTE

– Documento de identidade

– CPF

– Comprovante de residência.

OBS: Caso o aluno for menor de 10 anos, deverá estar acompanhado de algum responsável.

PASSAGEIRO COMUM

– Documento de identidade

– CPF

– Comprovante de residência.

OBS: A primeira carga é de no mínimo 10 passagens.

 Clique aqui para conferir os itinerários e horários que entrarão em operação na segunda-feira.