“Ideia é intensificar a fiscalização e educação no trânsito”, afirma diretor-Geral do Denatran

Em entrevista à Rádio Gaúcha nesta quinta-feira (25), Frederico Carneiro falou sobre a aprovação do PL 3267/19 na Câmara dos Deputados

Diante da aprovação do PL 3267/19 pela Câmara dos Deputados, o diretor-Geral do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Frederico Carneiro, afirmou que o Governo Federal está empenhado em tornar o trânsito mais seguro para todos. A afirmação foi dada durante entrevista à Rádio Gaúcha na manhã desta quinta-feira (25). No programa, ele destacou ainda que o poder público vem atuando ostensivamente na prevenção e diminuição da violência no trânsito com a intensificação das ações educativas em todo o país.

“O projeto aprovado pelo Congresso permite mais agilidade e rigor na apuração dos casos em que há maior risco de segurança no trânsito. Além de possibilitar que os órgãos responsáveis possam conduzir com mais eficiência e rapidez os processos de fiscalização”, declarou Frederico.

O diretor lembrou que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é uma das leis mais rígidas no mundo em relação à aplicação de penalidades e ao rigor nas medidas administrativas. E que, no Brasil, a segurança no trânsito é apoiada em três pilares: engenharia, educação e esforço legal, que engloba fiscalização e legislação. “A segurança no trânsito depende de todas essas esferas. Quando as alterações são propostas, os órgãos de trânsito conseguem trabalhar baseados neste tripé”, afirmou.

Além disso, o diretor falou sobre a nova pontuação para perda da CNH, aprovada na Câmara, que aumentou de 20 para 40 pontos, para quem não comete nenhuma infração gravíssima. “Com a quantidade excessiva de infrações cometidas, as suspensões sobrecarregam os órgãos de trânsito, que não conseguem apurar a autuação desses processos administrativos em tempo hábil. Com esta parte aliviada, eles poderão atuar mais ostensivamente na fiscalização”, ressaltou.

Ainda na entrevista, Frederico falou sobre a qualidade das rodovias federais e a atuação do Ministério da Infraestrutura. “O nosso esforço é para melhorar a malha rodoviária do país. Temos ações muito fortes no sentido de aprimoramento na qualidade das rodovias, como duplicações, manutenção e as conservações, para que tudo isso colabore na redução dos acidentes de trânsito” declarou.

 

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura