Mais de 45 mil agricultores de 386 municípios são beneficiados com Programa Troca-Troca de Sementes

O programa Troca-Troca de Sementes de milho e sorgo, que encerrou na sexta-feira (05) para a safra 2020/2021, demonstrou bom volume de pedidos. Foram comercializadas 134.249 sacas a um preço 12,5% menor em relação ao ano passado e com subsídio de 28% no valor das sementes para os financiamentos. 45.692 produtor rurales fizeram os pedidos através de 493 entidades em 386 municípios do Rio Grande do Sul. 

“Considerando o ano em que estamos, com uma pandemia em curso e um período de estiagem forte, onde os produtor rurales ficaram um pouco retraídos, dá pra se avaliar que foi um volume de pedidos muito bom”, afirma Jonas Wesz,  chefe da Divisão de Sistemas Produtivos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). De acordo com Wesz, o sistema de pedidos funcionou perfeitamente, sem registro de problemas de travamento, e as entidades puderam fazer as solicitações de sementes para seus produtor rurales de forma tranquila.

A entrega das sementes também deverá acontecer dentro do prazo, na primeira quinzena de julho, período ideal de entrega nas entidades, pois os produtor rurales que fazem a semeadura no início do período de cultivo (final do mês de julho), principalmente na região das Missões e Noroeste Colonial, terão a disposição as sementes no período correto em sua propriedade.

Safra 2020/2021

Total de sacas: 134.249 sacas, sendo:

  • Milho Híbrido Convencional: 78.903 sacas
  • Milho Híbrido Transgênico: 50.343 sacas
  • Sorgo Híbrido: 5.003 sacas

Foram 493 entidades, sendo: 

  • 280 prefeituras municipais
  • 206 Sindicatos (179 Fetag; 20 Fetraf; 2 independentes; 5 sindicatos rurais)
  • 7 Associações e Cooperativas

Leia mais: http://www.agricultura.rs.gov.br/balanco-do-troca-troca-de-sementes