MINFRA apresenta plano de concessões em ‘road show virtual’ com investidores italianos

Secretário-Executivo do MInfra, Marcelo Sampaio, apresentou a carteira de projetos do governo para estreitar parcerias com os representantes estrangeiros

e5ca9b4c 5497 46d2 833d 17150e770ac2

O secretário-Executivo do Ministério da Infraestrutura (MInfra), Marcelo Sampaio, liderou, nesta quarta-feira (17), o webinário Infra Trade Mission, para apresentação do cronograma de concessões do governo a investidores estrangeiros. No evento, organizado em parceria com a Embaixada da Itália, foram debatidos os cronogramas de concessão da Pasta que, mesmo durante a pandemia, seguem avançando. O objetivo é que, até o final do governo, os investimentos privados sejam de R$ 230 bilhões. O cronograma de obras também foi mantido e até o momento já foram executados cerca de R$ 3 bilhões desde janeiro, além das 23 entregas durante a pandemia.

Na reunião, Sampaio apresentou também as projeções para as principais concessões que ainda acontecerão este ano e os principais motivos para se investir no Brasil. “O Governo Federal acredita que a infraestrutura é uma chave estratégica para a retomada da economia no país. Estamos nos esforçando desde o início de 2019 para criar um setor de infraestrutura maduro, onde os juros são mais baixos e a confiabilidade nos projetos são maiores”, afirmou.

Além disso, o secretário ainda ressaltou os programas que estão sendo criados, entre eles, os projetos verdes, que possuem selos internacionais, a política de cabotagem, e a autorização de projetos ferroviários, como a renovação da malha paulista. “Nós temos empresas comprometidas em gerar esse ganho de infraestrutura no país. Ainda esse ano, temos leilões em 2020 que vão poder colaborar, como o leilão de 22 aeroportos, nove portos, a Ferrogrão e a Fiol, além de seis rodovias”, ressaltou.

Este é o 2º Infra Trade Mission realizado pelo MINFRA em parceria com embaixadas. O primeiro aconteceu em maio junto a investidores espanhóis e já há agenda para reuniões com representantes de Japão e China. O modelo é uma adaptação à série de roadshows que o ministério organizou em 2019 com viagens a Alemanha, Reino Unido, Espanha e Estados Unidos.

Foto: Ricardo Botelho/Aescom

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura