RS recebe doação de 12 mil máscaras da província-irmã chinesa de Hubei

O Rio Grande do Sul recebeu, na manhã desta segunda-feira (15/6), uma ajuda humanitária vinda do outro lado do mundo. A província-irmã de Hubei, na China, enviou caixas com 12 mil máscaras – 10 mil descartáveis e 2 mil do tipo N95.

A doação atende a um pedido do governador Eduardo Leite feito em março, já que a capital da província, Wuhan, foi o primeiro epicentro de coronavírus no mundo e tornou-se referência no combate à pandemia.

“Pedimos atenção e cooperação do povo de Hubei para o enfrentamento ao coronavírus e ficamos muito contentes com a solidariedade. Receber hoje essa ajuda material é muito importante, mas esperamos também pela cooperação técnica para melhor enfrentarmos a pandemia”, disse o governador.

50008914213 37bb039592 k Equipamentos de proteção individual irão para profissionais da saúde, especialmente os que atuam na linha de frente – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

O Estado está conectado a Hubei pelo Acordo de Fraternidade e Cooperação, que prevê intercâmbio bilateral, entre outros projetos, nas áreas de ciência e tecnologia, cultura, educação, esportes, saúde, comércio, recursos humanos e agricultura.

“Hubei entendeu a necessidade de ajuda e enviou as máscaras, mas continua com a disposição de trabalhar em conjunto tanto no combate à pandemia como nas relações econômicas”, afirmou o representante da província chinesa, David Chen.

De acordo com a diretora do Departamento de Ações em Saúde (DAS), Ana Costa, os equipamentos de proteção individual serão destinados aos 108 mil profissionais da saúde, especialmente aos que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus, obedecendo aos critérios de distribuição da Secretaria da Saúde.

“É uma ajuda relevante porque é dupla, permite tanto a proteção ao profissional como ao usuário, porque vai evitar o afastamento dos profissionais e os mantêm no trabalho de assistência à população”, destacou a diretora.

Também presente no ato simbólico de entrega dos EPIs, o novo secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rodrigo Lorenzoni, afirmou que a pasta segue trabalhando para estreitar os laços com Hubei para que, após a pandemia, o Estado possa retomar os planos de fazer uma missão internacional à China.

Em junho do ano passado, Leite havia recebido David Chen no Palácio Piratini, buscando uma aproximação. Uma possível ida ao país foi suspensa por conta do coronavírus.

Texto: Vanessa Kannenberg
Edição: Marcelo Flach/Secom