COVID-19

O objetivo foi de acompanhar a situação da capital federal no atendimento à população e reforçar o apoio irrestrito do Governo Federal aos estados e municípios

O secretário de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde, Franco Duarte, visitou, neste sábado (27), duas unidades de saúde especializadas no atendimento a pacientes com Covid-19, no Distrito Federal. O objetivo foi de acompanhar a situação da capital federal no atendimento à população e reforçar o apoio irrestrito do Governo Federal aos estados e municípios. As unidades escolhidas foram o Hospital de Campanha localizado no Estádio Mané Garrincha e o Hospital de Base da cidade. As visitas ocorreram na semana em que o Distrito Federal recebeu mais 100 ventiladores pulmonares, completando 150.

Durante a manhã, a visita ao Hospital de Campanha contou com a presença do Secretário de Saúde do Distrito Federal, Francisco Araújo, do diretor do hospital, Marcelo Melo, e do Deputado Federal, Luiz de Miranda. Como de costume, o secretário de Atenção Especializada à Saúde, Franco Duarte, visitou os segmentoes e conversou com pacientes e funcionários para verificar se os protocolos e procedimentos orientados pelo Ministério da Saúde estão sendo seguidos e se os insumos de saúde estão disponíveis.

Após a visita às instalações, o secretário reforçou o bom trabalho feito localmente. “O fato desse hospital ter utilizado a estrutura física já existente agilizou a instalação e reduziu os dispêndios para o SUS, aumentando a eficiência dessa ação. Essa lógica deve ser seguida em todo a nação brasileira”, destacou o secretário Franco Duarte.

Para a instalação dos quase 200 leitos, não foi feita nenhuma estrutura provisória e as adequações foram mínimas já que o Estádio já oferecia estruturas como refeitórios, banheiros e vestiários a serem utilizados pelos profissionais da saúde e pacientes. A Unidade conta com 197 leitos, dos quais 173 de enfermaria de adulto, 20 alas de suporte avançado e quatro salas de estabilização.

Já a visita ao Hospital de Base de Brasília, segunda maior unidade de saúde em números de leitos da região Centro-Oeste, ocorreu na presença do gerente-geral de Assistência do hospital, Lucas Freitas, e do presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Governo do Distrito Federal, Sérgio Costa. O Hospital de Base vem atendendo a população do Distrito Federal e Entorno normalmente durante toda a pandemia, sem interrupções. Foi com esse espírito resolutivo que a equipe desse hospital recebeu o secretário Franco Duarte, que fez questão de conhecer todas as suas alas, inclusive as obras de ampliação.

O Governo do Distrito Federal recebeu do Ministério da Saúde quase R$ 100 milhões para o combate ao Coronavírus e, no Hospital de Base, foram habilitados 45 leitos de UTI para Covid-19 dos 185 habilitados em todo o DF. O Hospital de Base tem 54 mil m² de área construída, mais de 3.500 servidores, 748 leitos, sendo 100 no Serviço de Emergência, e é hospital de referência para atendimento de alta complexidade no Centro-Oeste. São realizadas, aproximadamente, 600 mil consultas/ano (40% no Serviço de Emergência), as quais resultam numa média de 17 mil internações e 12 mil cirurgias por ano. É referência no SUS para atendimento em politraumas, emergências cardiovasculares, neurocirurgia, cirurgia cardiovascular, atendimento onco-hematológico, transplantes e faz parte do projeto Lean nas Emergências do Ministério da Saúde.

Para o combate ao Coronavírus, o Base adaptou sua estrutura, separando com dois fluxos distintos o atendimento a pacientes com Covid-19 dos demais. Em função dos protocolos rígidos seguidos pelas equipes, menos de 2% dos profissionais foram contaminados com a Covid-19 “um fechamento excepcional, mesmo se comparado internacionalmente” comemorou o gerente-geral, Lucas Freitas. Com as equipes de triagem, Franco Duarte verificou se os profissionais estavam habilitados para indicar o tratamento precoce para suspeitos e pacientes com o novo Coronavírus.

Depois da visita, o secretário de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde, Franco Duarte, destacou a importância de estar em contato permanente com quem faz o atendimento ao cidadão. “Essa grande estrutura hospitalar manteve os atendimentos e se adaptou operacionalmente para fazer o enfrentamento com uma solução inteligente”, disse o secretário em visita ao Hospital de Base de Brasília.

Por Agência Saúde, com informações do NUCOM/SAES
Atendimento à imprensa

(61) 3315-2535 / 2351