Prefeitura de Lajeado atuou no final de semana na fiscalização do cumprimento de decretos

O comércio ambulante foi fiscalizado no sábado e no domingo Foto: Divulgação O comércio ambulante foi fiscalizado no sábado e no domingo

Com o objetivo de manter as medidas de distanciamento e o cumprimento dos decretos municipais e estaduais, as equipes de fiscalização da Prefeitura de Lajeado atuaram em diversos pontos da cidade neste final de semana, dias 18 e 19/07. Ruas e avenidas foram demarcadas com sinalização de trânsito para evitar a circulação de veículos e pessoas durante todo o final de semana. 

 

Fazem parte das equipes os fiscais das Secretarias da Segurança Pública (Sesp), de Planejamento e Urbanismo (Seplan), de Obras e Serviços Públicos (Seosp), do Meio Ambiente (Sema) e do Departamento de Trânsito de Lajeado. Em algumas operações, a equipe conta com o apoio da Brigada Militar. 

 

Para verificar a circulação de pessoas e evitar a contaminação pelo novo coronavírus, no sábado, 18/07, foram fiscalizados o comércio e a circulação de pessoas nas vias da região central. No total foram vistoriados e orientados 80 locais e quatro vendedores ambulantes tiveram que deixar o local em que estavam por não possuir alvará de licença.

 

Já no sábado à noite, os fiscais atuaram no cumprimento dos decretos em restaurantes e bares. Na ação, foi identificado pouca movimentação e aglomeração de pessoas. Todos os locais vistoriados estavam respeitando o número de pessoas por mesa e o distanciamento de 2 metros entre elas. Somente uma multa foi aplicada por aglomeração de pessoas em um estabelecimento localizado no Bairro Universitário, no dia 17/07.

 

No domingo, 19/07, os fiscais percorreram os bairros Centro, Moinhos, Americano, Florestal, São Cristóvão e Universitário fiscalizando o funcionamento dos postos de gasolina. Dois estabelecimentos foram notificados por consumo de bebida alcoólica no local. Nas praças e parques municipais, os fiscais estiveram orientando os munícipes sobre o distanciamento e o uso de máscara. A equipe de fiscalização também vistoriou o comércio ambulante no domingo. Dois comerciantes ambulantes foram orientados a deixarem o local por não possuir alvará de licença.

 

Os estabelecimentos comerciais que não respeitarem as regras e demais determinações para o funcionamento durante a pandemia estão sujeitos à notificação, multa, interdição do estabelecimento e cassação do alvará em caso de reincidência.

Créditos: Assessoria de Imprensa PML