Secretaria promove capacitação de gestores municipais que vão participar do PAA

81 gestores municipais gaúchos participam de uma capacitação hoje (28), amanhã (29) e quinta-feira (30), através de videoconferência, para planejar as ações do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), coordenado pelo Departamento de Cooperativismo da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).  A cada dia, vão estar presentes 27 municípios. Vai ser um espaço para aprofundar a dinâmica do programa, entender melhor o processo de cadastro dos agricultores fornecedores e das entidades beneficiadas e tirar dúvidas. 

“A capacitação é fundamental para que os municípios conheçam o Programa e suas legislações, assim como as orientações para o planejamento da execução em cada município são essenciais para que atinjam as metas planejadas, beneficiando os agricultores familiares e as pessoas em situação de vulnerabilidade alimentar e nutricional”, afirma Bruna Fogiato, Coordenadora do PAA. 

Capacitação por videoconferência orienta gestores municípais que vão participar do PAA
Capacitação por videoconferência orienta gestores municípais que vão participar do PAA – Foto: Divulgação/Seapdr

Os R$ 4 milhões 470 mil destinados ao programa são do Ministério da Cidadania, sob a coordenação do Departamento de Cooperativismo da Secretaria. Estes recursos são emergenciais para a compra de alimentos de agricultores familiares, detentores da Declaração de Aptidão ao Pronaf – DAP, com a doação, de forma simultânea, às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional atendidas por unidades recebedoras.

Secretário Covatti Filho destacou a importância do PAA neste momento de pandemia
Secretário Covatti Filho destacou a importância do PAA neste momento de pandemia – Foto: Divulgação/Seapdr

“O PAA é um Programa muito importante tanto para as famílias beneficiadas pelo recebimento dos alimentos quanto para os agricultores familiares que tem suas produções adquiridas, ainda mais em um momento de pandemia, que está expondo ainda mais as famílias mais vulneráveis. Com a capacitação, os envolvidos no Programa encontrarão um espaço de discussão e esclarecimento, enriquecendo ainda mais a ação”, afirmou o secretário Covatti Filho, que também participou da videoconferência. 

O sistema vai funcionar de forma bem simples. O município vai adquirir os alimentos dos agricultores familiares e organizar as entregas para as entidades. E envia a prestação de contas para a Secretaria que confere, aprova e encaminha para o Ministério da Cidadania, que libera o pagamento para os agricultores familiares através do cartão PAA.

Leia mais: http://www.agricultura.rs.gov.br/secretaria-promove-capacitacao-de-municipios-que-vao-participar-do-paa