Venda de carros usados aumenta devido a pandemia

Com a pandemia da Covid-19, os veículos têm sido vistos como menos essenciais. Tanto é que a venda de carros usados cresceu neste período.

As vendas de carros usados durante a pandemia aumentaram por dois fatores principais. Com as medidas de isolamento social, os carros têm sido bem pouco utilizados. Dessa forma, eles se tornaram apenas um bem pouco útil na garagem.

Outro motivo para as vendas são as situações econômicas de muitas pessoas. Manter um veículo pode ser algo caro e o número de desempregados subiu.

Só em maio, a pandemia fez 1 milhão de brasileiros perderem o emprego. Então, colocar o carro à venda é uma forma de eliminar mais uma despesa de casa.

Como a venda de carros usados aumentou devido à pandemia? Veja os números

Segundo pesquisa, as vendas de carros por falta de uso saltaram 60% na pandemia.

O levantamento é da plataforma InstaCarro e comparou o segundo semestre de 2020 aos primeiros dois meses do ano.

Em junho, o aumento no número de carros à venda foi de 66% quando comparado ao mês anterior, maio.

Essa venda está sendo feita não apenas por conta própria, em sites de anúncios, como por concessionárias. Mas, mesmo com a grande oferta, o setor não prevê uma recuperação tão breve.

Ainda segundo a pesquisa da InstaCarro, mais de 30,4% dos lojistas acreditam que o mercado deve se recuperar apenas em 2021.

Já a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) vê um cenário ainda mais pessimista. Inclusive porque, só no Rio de Janeiro, a venda de veículos caiu 50% de janeiro a julho de 2020.

Como um todo, o setor automobilístico pode demorar até três anos para se recuperar. É o que prevê o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças).

Ou seja, mesmo que a venda de carros usados tenha aumentado devido a pandemia, especialistas do setor não acreditam em uma recuperação rápida do ramo.

Até porque, se o número de desempregados subiu, pode ser que as pessoas interessadas não tenham como adquirir um veículo.

Pandemia é um ótimo momento para comprar carro

Mesmo que a economia não favoreça a compra de um veículo durante a pandemia, especialistas dizem que este é um ótimo momento.

Não apenas para a compra de carros usados, mas também novos. Se o carro for adquirido com uma concessionária, o usuário pode contar com condições especiais.

Afinal de contas, para manter suas vendas, as concessionárias estão oferecendo descontos, prazos maiores para pagamento, benefícios etc.

Se você se decidir pela compra, porém, lembre-se de avaliar alguns pontos. Por exemplo: verifique se seu orçamento permitirá manter as parcelas em dia.

Do contrário, você acabará adquirindo uma dívida que poderá prejudicar as finanças de casa depois.

Outra dica é pesquisar bem pelos preços dos veículos. Considerando a grande oferta no mercado, o poder de negociação do consumidor se torna maior. Isso já que, se o vendedor A não tiver a melhor oferta, você poderá procurar o B, C etc.

Para não ter dores de cabeça, também é essencial que você pesquise as condições legais do veículo. Quando usado, ele deverá estar com os documentos e taxas em dia.

Dessa forma, você não terá o trabalho, nem o custo, de regularizar o carro após a compra.

E a venda de seguros auto, como ficou na pandemia?

Com os carros sendo menos utilizados, e despesas sendo cortadas, era de se esperar que a contratação de seguros auto diminuísse. E foi exatamente isso que aconteceu.

De acordo com dados recentes, a receita das seguradoras (em geral, não apenas de carros) caiu 21,4%. Isso apenas em abril, comparado com o mês de março.

Já na comparação com abril de 2019, essa queda de faturamento foi de 26,1%. Em abril de 2020, o rendimento do setor foi de R$ 15,7 bilhões, o menor valor desde fevereiro de 2016.

Além da não contratação, ou mesmo cancelamento dos seguros de carros, outro fator contribuiu para a queda. Segundo outra pesquisa, os seguros ficaram mais baratos durante a pandemia.

Para a avaliação, foram consideradas as proteções para os dez modelos de veículos vendidos no Brasil. Em maio, a queda no preço desses seguro foi de 26%.

Em geral, todos os setores foram afetadas pela pandemia do coronavírus. A previsão inicial é que a Economia brasileira encolherá 5,2% por causa do momento.

Então, mesmo que a venda de carros usados tenha aumentado durante a pandemia, não significa que ela terá grande impacto. Mas pode ser uma oportunidade para quem precisa de dinheiro rápido, ou para quem deseja adquirir seu veículo.

Por Jeniffer Elaina, do SeguroAuto.org