Todos os 43 municípios da região Sinos, Caí e Paranhana estão integrados à Redesimples

Os 43 municípios que fazem parte da regional Sinos, Caí e Paranhana do Sebrae RS já estão integrados à Redesimples e, com isto, a burocratização que atrapalha a vida dos empreendedores vai cedendo espaço a iniciativas para simplificar a abertura de negócios e a rotina das empresas. Desta forma, o empreendedorismo pode avançar e colaborar na retomada da economia.

A analista de Articulação Territorial do Sebrae RS, Paula Nicolini, relata que, em 2019, foram potencializadas ações e intensificada a sensibilização das 19 prefeituras que ainda não estavam integradas e nesse mesmo ano, 18 aderiram, restando apenas um município que realizou em 2020 as capacitações necessárias e foi integrado no início de setembro.

Mesmo com a totalidade dos municípios da regional integrados à Redesimples, o Sebrae RS continuará fazendo acompanhamento desses municípios para apoiar a fim de que o sistema integrador continue atingindo seus objetivos.

O projeto da Rede Nacional para Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (Redesimples) existe há seis anos e a previsão é a de alcançar a totalidade dos 497 municípios gaúchos até o final de 2022. Essas iniciativas contribuem para tornar o ambiente mais favorável ao empreendedorismo, colaborando com o desenvolvimento local através da geração de renda, empregos e a retomada da economia do Estado. A Redesimples já está presente em 358 municípios do Rio Grande do Sul e beneficia 95% dos pequenos negócios do Estado.

A ação, promovida e executada pelo Sebrae RS, em parceria com a Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul (JucisRS), tem como objetivo a simplificação e a desburocratização dos processos de registro e licenciamento de empresas.

Créditos: Sebrae RS