Alunos do 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental voltam às Escolas Municipais de Lajeado

0 0
Read Time:2 Minute, 35 Second

Nesta segunda-feira, 03/05, foi a vez dos alunos do 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental voltarem às Escolas Municipais de Lajeado. A partir de agora, tanto alunos das Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs), quanto alunos das Escolas Municipais de Ensino Fundamental podem frequentar aulas presenciais.

 

Para o retorno destas turmas, a Secretaria da Educação (Sed) organizou um ensino híbrido, ou seja, uma semana de aula presencial e a outra semana em casa para o Fundamental. Isso ocorre em razão da necessidade de dividir as turmas em grupos menores para permitir o distanciamento de 1,5m entre uma criança e outra. As aulas serão em turnos de 4 horas. 

 

Na EMEF Dom Pedro I, localizada no bairro Jardim do Cedro, as crianças foram recebidas com balões e um painel com cartazes. Para garantir que todos sigam os protocolos de higiene, a diretora Márcia Lenise Verruck Gauer passou nas salas para dar as boas vindas e as orientações sobre o retorno.

– Eu estava passando em cada turma para dizer para os alunos que a gente quer muito manter a escola aberta, funcionando e com muitos alunos. Para isso acontecer também precisamos da ajuda deles, para que sigam os protocolos de higiene e proteção. Tanto como diretora, como professora e como mãe, eu sei o quanto é importante o contato das crianças com a escola – falou Márcia.

 

Aluna do 8° ano da EMEF Dom Pedro I, Djenifer Bonn, 13 anos, estava feliz ao retornar.

– Eu estava com muita vontade de voltar para a escola, porque é muito diferente de aprender em casa. Aqui o ambiente é especial pra isso e também porque na escola podemos contar com a ajuda do professor – explicou Djenifer. 

 

Para evitar os deslocamentos, na EMEF Dom Pedro I os alunos estão recebendo o lanche na própria sala de aula. Além disso, a escola espalhou tapetes sanitizantes e adesivos de distanciamento, que são protocolos exigidos para o retorno. 

Antes de lanchar, João Arthur Blatt de Lima, de 9 anos, passou álcool em gel na mão e ficou esperando o lanche na sua classe.

– Eu sentia muita saudade de aprender na escola. Fiquei feliz quando soube que ia ver meus colegas de novo – falou o aluno do 4° ano EMEF Dom Pedro I.

 

É importante ressaltar que a participação presencial da aula não é obrigatória, e as famílias podem optar entre enviar a criança para a escola ou mantê-la em atividade à distância. Tanto em um caso quanto no outro é necessário assinar autorização expressa para a escola.

Créditos: Assessoria de Imprensa PML

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %