Formando do curso de Engenharia Mecânica é destaque em Olimpíada para Simulação de Forjamento

0 0
Read Time:2 Minute, 29 Second

Formando no curso de Engenharia Mecânica, Guilherme Goulart, foi o primeiro colocado na Olimpíada para Simulação de Forjamento e vai representar o Brasil na etapa internacional, além de obter um certificado que o classifica como especialista para simulações de processos de conformação através do software QForm.

O trabalho do futuro engenheiro consistiu em, a partir do desenho de uma peça usinada fornecida na competição, desenvolver um relatório completo referente ao processo para forjamento. “Para isso, foram realizados cálculos e consulta a normas para definição do sobremetal da peça usinada e das tolerâncias de forjado, foram realizados cálculos para definição de tamanho das matrizes de encalque, forjamento e rebarbação, cálculos para definição inicial da dimensão do blank e por fim, os cálculos para dimensionamento da rebarba”, conta Guilherme.

Posteriormente, o estudante realizou o modelamento da peça forjada e das matrizes via CAD, a sequência do trabalho foi realizar a simulação no software QForm para validação dos dados obtidos anteriormente via cálculos analíticos e refinamento dos resultados. “O objetivo da competição foi maximizar o rendimento metálico, desenvolver um processo com a menor quantidade de etapas possível e fazer uma análise sobre os resultados obtidos na simulação com os recursos”, afirma.

Segundo Guilherme, foi pelos conhecimentos adquiridos na Unisinos que ele conseguiu ingressar no mercado de trabalho logo no início do curso, o que o possibilitou ver na prática tudo o que aprendia nas aulas. “Com relação as cadeiras, o aprendizado obtido nas disciplinas de CAE, Conformação e Materiais Mecânicos foram fundamentais, pois praticamente tudo que foi aplicado nesta competição estava relacionado com estas disciplinas. Consegui modelar as matrizes e as peças, graças as cadeiras de CAD e PLM. Por fim, de forma indireta, mas ainda assim importante, cadeiras como Estágio, TCC e Leitura e Produção de Textos acadêmicos me deram o conhecimento para montar o relatório desta competição”, lembra o estudante.

Guilherme é formando do curso de Engenharia Mecânica neste semestre e na sequência pretende iniciar seu mestrado na área de metalurgia e materiais. “Tenho vontade de lecionar para o curso de Engenharia Mecânica futuramente. Quando me formar no mestrado, pretendo fazer o MBA em black belt, e depois buscar apoio para um doutorado, e ainda, se possível, continuar atuando na indústria, no setor de P&D, que foi onde me senti confortável profissionalmente. Seguindo em paralelo a todos estes planos, pretendo começar com publicações de artigos acadêmicos”, explica.

O coordenador do curso de Engenharia Mecânica, Walter Fontana, conta que o fato de Guilherme participar e se destacar, reforça a qualidade e a capacidade dos alunos da Unisinos de solução de problemas da indústria, visto que o problema era aplicado a uma empresa automotiva. “O aluno empregou os recursos disponíveis na Unisinos e da empresa que promoveu o concurso e forneceu o software. Com isso, destaca-se o profissionalismo e permite que os estudantes possuam melhor capacidade de colocação, como o Guilherme, que trabalha em uma grande empresa da área de forjamento”, finaliza o coordenador.

– Saiba Mais!

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %