Concurso do Educação Fiscal encerra as inscrições com mais de 1.700 trabalhos

0 0
Read Time:3 Minute, 53 Second

Com grande procura, Comissão Avaliadora divulga novos prazos para análise dos trabalhos

No dia 30 de setembro, encerrou o prazo para as inscrições no “II Concurso de Educação Fiscal: consumo consciente e desenvolvimento regional” e 1.745 trabalhos estão inscritos na disputa pelos prêmios. Por este motivo, a Comissão Organizadora do concurso precisou rever os prazos que estavam previstos no Regulamento. Confira abaixo as novas datas para conclusão das etapas de seleção e julgamento. As inscrições para participar no concurso foram abertas no dia 17 de agosto com 1.745 inscrições.

Os trabalhos inscritos que passaram da Fase 1 serão avaliados pelos membros do Grupo Estadual de Educação Fiscal (Gefe/RS) de acordo com dois critérios de avaliação: ‘conteúdo’ e ‘criatividade’, atribuindo a cada critério uma pontuação máxima. Os dez trabalhos melhor avaliados de cada categoria seguem para a Fase 3. O prazo previsto, que era até 30/10/2021, foi alterado para 30/11/2021.

Já a Fase 3, de votação popular via site de Educação Fiscal será via plataforma eletrônica, com um link de votação para cada categoria. Os três trabalhos mais votados em cada categoria serão os vencedores, ficando o mais votado em 1º lugar e assim sucessivamente. O prazo que era previsto até 30/10/2021 foi alterado para 20/12/2021.

     Os resultados serão divulgados até o dia 22 de novembro de 2021, no site de Educação Fiscal e não mais em 15 de novembro, previsto anteriormente.

    O Coordenador do Grupo de Educação Fiscal do RS (Gefe/RS), João Carlos Loebens, destacou que o grupo está muito satisfeito com a promoção deste concurso, pois, além de atingir um número histórico de participações, os trabalhos elaborados pelos estudantes estão com excelente qualidade e conteúdo.

     “O volume de trabalhos com certeza é impactante e deixa o Gefe muito feliz pelo engajamento de tantos alunos e professores na temática da Educação Fiscal, tão importante para um convívio social harmonioso. O grupo já está analisando os trabalhos recebidos e constatou que tem materiais ótimos, desde desenhos da Educação Infantil até poemas com análises sociais. É enriquecedor ver este debate nas escolas”, afirmou Loebens.

O cronograma atualizado do concurso:

Validação de admissibilidade dos trabalhos e publicação no site da relação para pontuação no PIT – Até 30/10/2021

Abertura para votação no site – Até 06/12/2021 

Publicação dos resultados finais – Até 22/12/2021 

Entrega dos prêmios – Em janeiro/2022 

Saiba mais sobre os trabalhos inscritos 

Do total dos trabalhos recebidos, 50% está inscrito na Categoria 1 – Desenho com tema específico de bens e serviços públicos; 17% na Categoria 2 – Cartaz publicitário; 13% na Categoria 3 – História em quadrinhos; e 20% Categoria 4 – Poema livre. 

86% dos trabalhos foram feitos em caráter individual e foram registradas participações de 123 municípios gaúchos, sendo o município de Rodeio Bonito o que teve maior número de trabalhos enviados, com 138 inscrições.

FIQUE POR DENTRO 

Acompanhe pelo site de Educação Fiscal todas as informações sobre cursos e capacitações que estão sendo realizadas sobre o tema!

Sobre o concurso 

O concurso, desenvolvido em parceria entre Sefaz e Seduc, reúne trabalhos sobre as fontes de arrecadação do Estado e sua função social, representada pelo fornecimento de bens e serviços públicos à população e pelo fomento da economia local/regional. O intuito é estimular o debate em sala de aula sobre o tema da cidadania fiscal, por meio da compreensão dos conceitos básicos da Educação Fiscal e da importância do consumo consciente para o desenvolvimento regional.

Do total de trabalhos recebidos, 50% estão inscritos na Categoria 1 – Desenho com tema específico de bens e serviços públicos; 17% na Categoria 2 – Cartaz publicitário; 13% na Categoria 3 – História em quadrinhos; e 20% Categoria 4 – Poema livre. 86% dos trabalhos foram feitos em caráter individual.

Os três primeiros colocados em cada categoria ganharão videogames. Os prêmios foram doados pela Receita Federal do Brasil ao Programa de Educação Fiscal.

Confira o Regulamento na íntegra.

Pontuação no PIT

Os trabalhos serão vinculados ao município de localização da escola. Os municípios cujos trabalhos inscritos atendam aos critérios do regulamento receberão os cinco pontos referentes ao Grupo I – Ações de Educação Fiscal, item 1.08 – Realizar Concurso de Educação Fiscal, do Programa de Integração Tributária.

123 municípios gaúchos aproveitaram a oportunidade para garantir a pontuação necessária no âmbito do PIT, que impacta os repasses de ICMS às prefeituras. O município de Rodeio Bonito foi o que teve maior número de trabalhos enviados, com 138 inscrições.

Texto: Ascom Sefaz/Receita Estadual

– Leia mais!

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %