Homem é condenado à prisão perpétua por matar esposa

0 0
Read Time:1 Minute, 14 Second

Pixabay Cela de prisão Pixabay

Um homem, identificado como Sooraj Kumar, de 28 anos, foi condenado à prisão perpétua pelo assassinato de sua esposa. Para que as pessoas pensassem se tratar de um acidente e ele tivesse que devolver o dote de cerca de US$ 20 mil – além de um carro – ele utilizou duas cobras najas, que são altamente venenosas, em duas oportunidades.

O crime aconteceu em 2020, na Índia, mas a sentença só saiu nesta semana. No mês de março do ano passado, Kumar soltou pela primeira vez a cobra no quarto da mulher, que foi picada e precisou passar dois meses no hospital.

Recuperada, ela foi levada para a casa dos pais, onde o acusado levou – mais uma vez – uma outra cobra naja e jogou no quarto enquanto a vítima dormia. Para ter certeza que tudo ia sair como desejava, ele acompanhou toda ação da cobra. A mulher, por sua vez, não resistiu e morreu.

Segundo o NY Posto, um dos promotores classificou o caso como “mais raro dos raros” pelo modo que foi planejado e executado pelo acusado.

Kumar só foi considerado suspeito quando tentou assumir o controle de suas propriedades após a morte da esposa, sendo acusado pelos promotores de se casar com a indiana para conseguir ganhos financeiros da família da mulher. 

O tratador de cobras, identificado como Suresh, também foi preso por ter sido o responsável por fornecer as cobras para que Kumar matasse a esposa. 

– Curta e Compartilhe!

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %