Projeto ambiental ECOPEV amplia pontos de coleta seletiva com contêineres espalhados pela cidade

0 0
Read Time:2 Minute, 47 Second

Contêineres adesivados são os símbolos do projeto Ecopev (ou pontos de entrega voluntária ecológica), desenvolvido pela Prefeitura de Lajeado por meio da Secretaria do Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade (Sema). O projeto visa incentivar a separação de materiais do lixo, facilitando a reciclagem. Com cores vibrantes, os contêineres são específicos para descarte de papel, plástico, vidro e metal. A ideia é estimular a comunidade a separar o lixo e ampliar a coleta seletiva.

 

Os pontos de coleta estão sendo instalados nas unidades de saúde dos bairros, nas escolas municipais, na SEMA, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul Rio-grandense (IFSUL), no Departamento de Trânsito da prefeitura, no colégio CEAT e no Madre Bárbara. A proposta é que tenha pelo menos um contêiner por bairro para que os moradores possam descartar os resíduos no local mais próximo da sua casa (confira abaixo a lista de pontos de coleta). 

 

Segundo a coordenadora do Centro de Educação Ambiental, Gabriela Roehrs, o projeto surgiu com o objetivo de aumentar a quantidade de lixo reciclado no município. 

– Nós fizemos o teste de colocar contêineres de coleta seletiva nas escolas municipais para conferir a adesão dos pais e alunos. Além de colocar o ponto de coleta, nós orientamos os diretores e professores para que só fossem descartados neste recipiente resíduos de reciclagem. A ação passou no teste, e começamos a distribuir os contêineres em mais locais para que todos possam acessar esses pontos de coleta. Nossa expectativa agora é que a comunidade se empenhe na nossa missão de aumentar a quantidade de lixo reciclado em Lajeado – explicou Gabriela. 

 

Para a diretora da EMEI Cantinho Infantil, Renata Vieira, a campanha foi eficiente para os pais e alunos.

– Nossa escola segue realizando a separação do lixo e incentivando as famílias a fazerem o mesmo. Junto às crianças, realizamos um trabalho de conscientização sobre o cuidado com o meio ambiente – falou Renata.

 

Pontos de coleta do projeto ECOPEV:

– Unidades de saúde dos bairros 

– EMEIs E EMEFs dos bairros

– IFSUL – Rua João Goulart, 2150, Olarias

– Colégio Madre Bárbara – Rua Júlio May, 340, Centro

– Colégio Ceat – Rua Alberto Torres, 219, Centro

– Departamento de Tânsito da Prefeitura – Rua Cel Júlio May, 242, Centro

 

 

O que pode ser descartado nos ECOPEV

Apenas alguns materiais devem ser colocados nos contêineres para permitir que se faça a reciclagem. Veja quais são:
 

Papel:

– Folhas de papel

– jornais

– Revistas

– Papelão

– Cartolinas

– Embalagens longa vida (ex. leite)

– Folhetos

 

Metal:

– Latas de alumínio

– Latas de aço

– Ferragens

– Canos

– Esquadrias

– Arames

 

Plástico:

– Tampas

– Embalagens

– Garrafas PET

– PVC

– Sacos

– Isopor

– Baldes

 

Vidro:

– Copos

– Garrafas

– Potes

– Embalagens

 

 

Créditos: Assessoria de Imprensa PML

Happy
Happy
0 %
Sad
Sad
0 %
Excited
Excited
0 %
Sleepy
Sleepy
0 %
Angry
Angry
0 %
Surprise
Surprise
0 %